O homem-grávido

ou as dores do parto dele…

Fonte: PhotoPin

Sim! É gordura… preciso perder a barriga e não! Não sou Schwarzenegger que ficou grávido em um dos seus filmes.

Tão pouco é gravidez psicológica , mas confesso que aproveitei para comer mais durante a gravidez da minha mulher…

Mas como é a gravidez dela para ele?

Nunca ninguém se perguntou na história destas gravidez!

Tudo muda também… precisamos entender e as vezes não entender mais compreender… A barriga cresce com uma criança lá dentro que você conversa, passa a mão mas é depois que as coisas acontecem para o homem…

Até nascer, ainda dá para assistir o futebol ou jogar um video-game mas depois é que a relação fica mais próxima e as coisas começam a mudar de fato.

A dor do parto para o homem é depois

Assusta do mesmo jeito e nos sentimos inseguros do mesmo jeito mas homem é homem e não podemos chorar.

Não podemos reclamar… Mas não podemos reclamar por que o papel da mulher nessas horas é, sem dúvida, mais pesado mas não podemos reclamar por que o papel do homem nessa hora é essa:

Fortaleza

Perguntar, entender, aguentar, ler, se informar… todas essas ferramentas podem ajudar o homem a entender melhor a “sua gravidez” mas sempre se mantendo forte e inabalável…

Se for chorar, chora no banheiro… toma um banho e volta como nada tivesse acontecido.

A mãe e o filho precisam desta segurança e ai que vamos mostrar o verdadeiro papel de um homem.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.