Poemas reconstruídos com trechos de Drummond.

meu amor,

ficaste sozinho.

você pode me riscar da sua exclusiva vida.

Eu me levanto.

Porque eu danço como se estivesse preso à vida.

Porque eu caminho como emergindo na desgraça,

Eu carrego o sonho e a poeira, eu vou me levantar.

O grande mundo está crescendo, o presente é tão grande.

Os homens presentes de algum modo essencial escondidos em mim.

Você que faz versos nas calçadas

Poeta de um mundo que não amava ninguém

Seus olhos resplandecem enormes

Dentro de nós.

Seus ombros suportam o mundo

da favela, da humilhação.

Nos seus olhos o hábito de sofrer

De um passado enraizado na dor.

Pode me atirar palavras

Pode me jogar contra o terror e a atrocidade

Dilacerar-me com seu suspiro

Meu coração não é maior que o mundo.

Beatriz·
1 min
·
5 cards

Read “Poemas reconstruídos com trechos de Drummond.” on a larger screen, or in the Medium app!