“Memórias de um pouso …”

Buscando ideal , ou algo ideal?

E me pergunto no meio de um pouso , o que busco ? Como me encontro ? Vivo um momento de muitos Corres porém. mais consiente de que recuso ouvir o que meu corpo pede , no auge dos 22 anos , preciso maneirar , bailar , sair sem destino , viver sem amarras . E já não vivo? E já não faço ? Não sei !Ou pareço não saber .

É final de graduação e esse final traz vontade de mudança e claro as dívidas do que vira ?

Na cabeça a dúvida se descanso por um tempo , porém não creio que seja a hora . Ou se engato nos estudos e me dedico a maratona de seleções de mestrados .

Se abro um negócio ou espalho currículos ?

Se viajo ou fico ?

Só sei que as dúvidas alimentam o desejo de entender os processos , a vontade de fazer movimentar , o desejo de contar histórias e de inspirara , antes de pirar.

E no final a minha vida se parece com o avião sobrevoando o Rio , a neblina cobre toda a cidade , porém em pouco tempo chega a bela vista da cidade maravilhosa , mesmo no fim das certezas creio que logo a neblina passa e eu posso enxergar , palpar a concretude do que desejo.

Regado ao processo de experimentar pelas ruas do desengano que passarei a cada manhã .

memórias de andanças·
1 min
·
2 cards

Read ““Memórias de um pouso …”” on a larger screen, or in the Medium app!