Poligamia ou Não-Monogamia?

Qual é a diferença entre Poligamia e Não-Monogamia?

Essa é uma das dúvidas mais comuns de diversas pessoas que passam a ter contato com a Não-Monogamia.

Poligamia

é uma palavra usada para designar os casos em que o casamento ou relações afetivo-sexuais com múltiplos parceiros são consideradas parte da norma de uma sociedade. Em geral, a poligamia é classificada em dois grandes tipos, considerando que a heteronorma é uma constante em diversos sistemas de parentesco já estudados:

Poliginia

é quando a norma de uma sociedade determina que homens (ou mulheres) podem ter diversas esposas. Um exemplo são os mórmons, ou alguns grupos muçulmanos.

Poliandria

é quando a norma de uma sociedade determina que mulheres (ou homens) podem ter diversos maridos. Um exemplo são os Zo’é, na Amazônia.

No caso da nossa sociedade, a norma é Monogâmica. Isso significa que cada pessoa deve ter apenas um parceiro afetivo-sexual por vez.

No Brasil, a bigamia é considerada crime, com pena prevista de dois a seis anos de reclusão. A pessoa que, não sendo casada, aceita se casar com quem já tem um casamento, pode ficar na cadeira de um a três anos.

Marília Moschkovich·
3 min
·
10 cards

Read “Poligamia ou Não-Monogamia?” on a larger screen, or in the Medium app!