Sozinha

Viagens

Reservo hotel pra uma. Dizem que a melhor coisa é quarto compartilhado com outras mulheres. “Mais seguro”, dizem os mais responsáveis.

Meu coração quer o misto, mais gente, variedade, mais chances de encontrar o acaso.

No entanto, hoje peguei o single. Escolhi pagar mais para ter mais espaço meu, meu banheiro, uma banheira, uma cama de solteira. Solteira.

Essa palavra assombra tanta gente, e eu não fico de fora da lista. Brinco que estou procurando a pessoa que vai me acompanhar nas jornadas insanas que eu ando me metendo: festivais, viagens, empréstimos e novas metas.

Na cama, esparramo meus pés. Sinto o lençol, mexo no ar condicionado, mudo o canal da TV apenas pela sensação de flanar pelos canais e decidir, sozinha, o que eu quero assistir. Deixo a tela desligada e, no meu reflexo, vejo tudo que preciso ver. A minha tela. Sozinha. Esparramada. Minha. Só minha. E encontro a paz que tanto me disseram que estava no olhar do outro sobre mim.

Gabriela·
1 min
·
2 cards

Read “Sozinha” on a larger screen, or in the Medium app!