Festa Junina

O brilho dos fogos me diz
Que vai começar a festa,
E a menina dança
Com seu vestido estampado.
Se apresse, pegue seu par,
Que é noite de luar.
Pés ritmados pra lá,
Pés compassados pra cá,
Ritmo quente a ferver!
Passa por túnel de braços,
Balança o chapéu de palha,
Porque hoje não vai chover.
A saia rodopia na troca de pares,
No flerte de olhares
Entre eu e você.
No bailado das bandeirinhas
Todos dançam, todos giram…
E a menina me enlaça.
No último instante cansado,
O meu coração se agita,
E a saudade me abraça
Quando a quadrilha passa.

Ana Célia F. Ferreira