UNBOUND — O programa pra quem quer aprender a empreender na vida

Abrir um negócio, encontrar uma profissão, aprender a construir relações mais saudáveis, criar coragem para tomar uma decisão difícil…Enfim, tudo isso faz parte do processo de empreender a própria vida. Foi a partir de todas essas reflexões que nós desenhamos uma experiência compartilhada entre 10 jovens por 3 Estados brasileiros que mostrou que empreender vai muito além de criar uma Startup.

Essa foi a UNBOUND — Empreendedorismo na Veia, uma experiência imersiva de 33 dias que fez a diferença na vida de 10 jovens e de todos os envolvidos nesse processo de aprendizado. E caso você ainda não tenha visto, dá um play nesse vídeo.

Veja como foi a primeira temporada da UNBOUND

Mas é claro que nós não poderíamos e nem queremos parar por aí. Está na hora de voar ainda mais alto e de construir uma experiência tão impactante quanto a oferecida em 2017.

Está na hora de falarmos sobre a segunda temporada da UNBOUND, que acontecerá em julho de 2018.


A indecisão é algo que toma conta da mente de todos em um determinado momento da vida e, por algum motivo, isso se intensifica ainda mais quando nos aproximamos da fase adulta. “Respostas” é o que muitos esperam de quem está nesse momento de transição, mesmo que a mente esteja tomada por mais e mais perguntas. Mas o que acontece quando não somos capazes de responder os questionamentos que surgem? “No que sou bom?”, “Qual caminho faz mais sentido pra mim?”, “Qual curso eu devo fazer?”, “Será que eu devo abrir uma empresa?”, “Será que eu sigo carreira corporativa?”, “O que eu faço com esse diploma?”.

Foi movida pelos questionamentos levantados acima, que a SKEP idealizou, desenhou e construiu a UNBOUND. A trilha não surge apenas para que aquelas questões sejam respondidas, mas sim, como uma forma de fazer com que sejamos capazes de nos sentir confortáveis com as perguntas que nos rodeiam. Para que assim, possamos abraçar novos questionamentos, desafios e aprendizados, nos colocando em constante evolução.

Se você está com alguma dessas dúvidas na cabeça ou conhece alguém em busca de mais clareza sobre algum desses pontos, esse conteúdo é pra você. ;)

A trilha proposta pela SKEP, possui algumas etapas para que o crescimento e objetivo dos participantes seja atingido. Para entender melhor cada uma delas, dá uma conferida no cronograma completo e nos parágrafos explicativos de cada etapa à seguir:

Para garantir uma experiência completa e que faça a diferença na vida de cada participante, é preciso que se entenda mais sobre quem são as pessoas que farão parte da trilha, os nossos piratas. Dessa forma, tudo começará em abril, na etapa de Assessment, período em que nós acessaremos cada pirata para entender mais a fundo qual a história de cada um, quais os seus receios, buscas, certezas e incertezas. Todo esse processo é um mergulho de autoconhecimento que será conduzido pela SKEP, com o auxílio de diversas metodologias desenvolvidas por nós e que envolvem não apenas os piratas, mas também as redes (família, amigos e colegas) de cada um.

Como fruto da etapa de Assessment, a experiência será personalizada e construída levando em consideração as diferenças de cada um, para que as especificidades de todo o grupo sejam contempladas ao longo do programa.

Após a etapa de Assessment, é a vez da SKEP trabalhar duro para desenhar a melhor experiência para os participantes, pautados no conhecimento de quem são os nossos piratas e quais as suas buscas.

Para os piratas, essa é uma etapa mais tranquila, pois ela não exigirá o mesmo nível de envolvimento das demais por se tratar de um trabalho de curadoria que faz parte da organização do programa. Mesmo assim, ela é 100% necessária para garantir a assertividade de tudo que será vivido nas fases seguintes. Aqui, a equipe SKEP irá mapear as instituições que mais fazem sentido para o programa, fechará o cronograma de atividades (cursos, workshops, vivências, retiros, imersões, eventos e tudo mais que você viu no vídeo da temporada passada), organizará as mentorias e conteúdos complementares e fará a gamificação de todo o programa.

Com a experiência devidamente desenhada e customizada para os nossos piratas, daremos início ao período de preparação em junho. Não se engane pelo seu nome, aqui, cada participante receberá conteúdos e terá acesso às primeiras atividades e missões, realizadas individualmente ou em grupo, ainda na cidade de origem de cada pirata. Apesar da programação acontecer nos arredores de cada pirata, isso não significa que elas serão rasas, desde já os participantes serão instigados a saírem das suas zonas de conforto e aprenderem na prática tanto virtualmente, quanto fisicamente.

Toda a preparação é essencial para a experiência que será vivida à seguir, uma imersão de 35 dias junto aos demais piratas, que nós explicaremos melhor no próximo tópico.

A fase de imersão se inicia em julho, com todos os participantes indo ao encontro do Guider e de toda a equipe operacional da SKEP no ponto de partida da trilha. As atividades ocorrerão em diferentes espaços e cidades, para que seja possível englobar diversos temas de interesse e diferentes organizações empreendedoras espalhadas pelo Brasil.

Aqui, acontecem momentos de vivências compartilhadas presencialmente entre todos os participantes. São vivências, cursos, palestras, resoluções de problemas, retiros, visitas, missões empresariais, feiras, intervenções urbanas, workshops e todo o mosaico de atividades que a SKEP olha na hora de construir experiências customizadas para grupos.

Sempre com foco no indivíduo, a trilha não se trata apenas de reflexões, mas também de colocar a mão na massa, aprendendo novas metodologias e colocando-as em prática no desenvolvimento de novos projetos e iniciativas já existentes.

É na fase de imersão que aprendizados são aprofundados e que a possibilidade de trabalho em grupo se mostra mais palpável, com o compartilhamento das experiências e do dia a dia, pois todos os participantes enfrentarão o desafio da convivência constante.

Ao final de toda a intensa experiência vivida pelos nossos piratas, é o momento deles voltarem para as suas cidades e viverem a última etapa do programa, o pós-trilha.

É após a imersão que o pós-trilha ganha vida. Essa etapa surge para conectar pontos de reflexão e projetos levantados ainda na fase de imersão. Já entendendo quais são as aplicações práticas e os aprendizados concretos que ficam da UNBOUND para a vida de cada participante, é aqui que se abre um leque de oportunidades dos pontos de vista pessoais, profissionais e acadêmicos que a SKEP potencializa a partir de conteúdos complementares, missões, conexões e proposições. Essa etapa se dá do início até o final de agosto.

O propósito da UNBOUND é o de transformar os usuários. Depois de construir uma série de experiências educacionais baseadas nos sonhos, buscas e vontades de cada um, queremos ver a diferença que essa tal educação faz no mundo real. Queremos que nossos piratas vejam os seus mundos com outros olhos e passem a impactar a realidade onde vivem.

Depoimento da Marcella, participante da 1º temporada da UNBOUND e ilustra bem essa transformação.

A trilha é permeada pela metodologia de todas as criações da SKEP, envolvendo o mistério do que vai ser vivenciado no dia-a-dia dos piratas, as missões que serão dadas para consolidar aprendizados importantes para a trajetória de cada um e todos os outros aspectos que gamificam o processo.

Em relação a quais atividades ou experiências vão acontecer durante a trilha, a única certeza que os piratas têm, é que os questionamentos vão estar presentes no andamento dela. A descoberta do que irá rolar, de fato, acontecerá apenas no dia de cada atividade, como um estímulo a focar no presente, vivendo um dia de cada vez.

E aí? Se identificou com a proposta da segunda temporada da UNBOUND? Então clica no link abaixo e faça a sua pré inscrição para receber mais informações sobre cronograma, valor de investimento e condições de contratação desse programa.

Faça a sua pré inscrição agora mesmo

FAQ

As maiores protagonistas do processo de evolução, são as perguntas. Sendo assim, nada mais justo do que levantarmos algumas dúvidas que podem ter surgido ao longo dessa leitura:

Quantas vagas disponíveis têm a segunda temporada da UNBOUND?

Hoje, a UNBOUND foi desenhada para envolver 10 participantes.

O que inclui o investimento na trilha?

  • Todo o trabalho de curadoria de educação. Isso envolve a etapa de assessment, o desenho da experiência, o mapeamento das atividades, instituições e mentores, a gamificação de todo o processo com a metodologia SKEP e o acompanhamento da equipe SKEP durante o processo na sua totalidade;
  • Todas as experiências que serão vividas ao longo de todas as etapas do cronograma da trilha;
  • Todas as acomodações ao longo da etapa Imersiva;
  • Transporte entre as cidades ao longo da etapa Imersiva;
  • Algumas alimentações ao longo da etapa Imersiva (como café da manhã e almoço, quando inclusos nas acomodações ou quando fizerem parte de alguma atividade);
  • Seguro-viagem ao longo da etapa Imersiva.

O que NÃO inclui o investimento na trilha?

  • Deslocamento de cada participante para sair da sua cidade e chegar ao início na etapa Imersiva;
  • Deslocamento de cada participante na volta da etapa Imersiva para a sua cidade;
  • Transporte interno nas cidades (ônibus, metrô, uber, taxi…), quando necessário;
  • Como nós já dissemos na pergunta anterior, algumas alimentações estão inclusas, mas outra parte não. Por isso, o participante deve reservar um valor para a sua alimentação.

Em quais cidades a UNBOUND acontecerá?

Essa informação será definida logo após o período de assessment, em maio.

Caso eu possua o investimento necessário, isso garante a minha vaga no programa?

Não necessariamente. Parte da assertividade da experiência envolve a formação do grupo certo de pessoas, com as suas diferenças e complementariedades. Por isso, caso você tenha interesse em participar, vamos nos conhecer melhor e entender como a UNBOUND pode fazer sentido para você.


Se você quer se aprofundar ainda mais nos conteúdos da UNBOUND e da SKEP, nós separamos dois links que podem ser muito úteis para você.

Like what you read? Give SKEP a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.