Sou fascista, e agora ?

Eita, fui chamado de fascista, será que sou um mesmo ?

Benito Mussolini

Discussões politicas de Facebook como sempre, muitas vezes entro em meio delas, quando não deveria, não me afeta e nem me impressiona as palavras de calão que dirigem à mi m quando apresento um ponto de vista contrário. Mas o que me impressionou é que, em uma discussão de um grupo, na rede social supracitada, fui chamado de fascista por umas dez pessoas, eu tinha acabado de defender a liberdade individual e de expressão, quando veio o primeiro: Fascista, eu não fiquei ofendido, surpreso talvez, não me dei ao trabalho de responder a estas pessoas, por que já sabia que seria uma discussão infrutífera.

Basta copiar do Google.

Em um outro, eu disse que as pessoas perderam completamente a noção do significado do que é fascismo, vem uma pessoa e me responde com um significado copiado e colado do Google, esse significado do Google resumia o fascista como simplesmente um cara autoritário e só isso, e ela ainda me falou que não há necessidade de saber, pois é só pesquisar no Google e achar vários, ou seja, não precisamos saber o que é fascismo, a história, não é preciso fazer uma analise crítica e social do fascismo, só é necessário chamar a pessoa de fascista , ou achar no Google, copiar e colar o primeiro resultado. Então quando eu digo que as pessoas perderam a noção, eu estou errado.

Pois veja bem, como você chamar alguém de fascista, quando este está defendendo liberdade individual e liberdade de expressão ? Quando o fascismo representa exatamente o contrário, o fascista não é somente o cara autoritário, autoritarismo é sim um dos pilares do fascismo, mas simplesmente ser autoritário não o configura um fascista. O fascismo é composto de autoritarismo, nacionalismo extremado, culto ao chefe do país, militarismo, e forte propaganda estatal. O fascismo prega igualdade do povo, dentro desta ideia, os diferentes devem ser repelidos e retirados do meio social, então portanto são extremamente contra as ideais de liberdades individuais.

Vou deixar aqui, uma frase de Plinio Salgado, do seu manifesto de Outubro, Plinio Salgado foi um dos lideres do Integralismo brasileiro, o integralismo é um movimento que sofre fortes influencias do fascismo:

Pretendemos realizar o Estado Integralista, livre de todo e qualquer princípio de divisão: partidos políticos; estadualismos em luta pela hegemonia; lutas de classes; facções locais; caudilhismos; economia desorganizada; antagonismos de militares e civis; antagonismos entre milícias estaduais e o Exército; entre o governo e o povo; entre o governo e os intelectuais; entre estes e a massa popular.

Portanto, na minha opinião, boa parte destas pessoas que saem gritando aos quatro ventos ‘’Fascistas não passarão !’’ ou chamando qualquer pessoa que expõe um ponto de vista contrário ao delas, de fascista, perderam completamente a noção do significado, e se expõe ao ridículo. E também copiar de um site de buscas o primeiro significado encontrado, não significa conhecimento algum sobre fascismo, mostra somente que você sabe utilizar o mecanismo de busca.

Essa adjetivação empobrece o diálogo e não traz benefício algum para nenhuma das partes, e demonstra que, não é por que estamos na Era da Informação, que significa que seja a Era do Conhecimento, repetir significados e conceitos não demonstra inteligencia, afinal um papagaio repete palavras, mas ele não tem conhecimento algum sobre aquilo que ele está falando.