Mais quatro jogos para encerrar as oitavas

Enfim entramos na semana decisiva e derradeira das oitavas de final da UEFA Champions League. Depois de uma semana recheada de gols e bons jogos, conheceremos os quatro últimos classificados para essa fase. O que esperar das partidas?

Antes de falarmos dos próximos jogos, relembremos o que aconteceu nesta semana. Na terça, Real e Napoli abriram os jogos de volta. Precisando fazer 2 gols, os napolitanos saíram na frente e dominaram o primeiro tempo. No segundo tempo, o Real acordou, virou a partida e repetiu o placar da ida, 3x1. Algo parecido aconteceu em Emirates, onde o Bayern repetiu o placar de 5 a 1, formando um agregado de 10 a 2, e aumentou a pressão da torcida em cima de Arsène Wenger.

Na quarta, o Borussia recebeu o Benfica precisando vencer por, no mínimo, dois gols de diferença, depois de ter sido derrotado em Lisboa. Logo no início, Aubameyang abriu o placar e trouxe certa tranquilidade ao time aurinegro. Depois de um primeiro tempo parado, o Dortmund voltou para o segundo tempo mordendo no ataque e definiu rapidamente o resultado, com um tranquilo 4 a 0. Mas o melhor da noite estava reservado para a outra partida. O Barcelona fez aquilo que poucos esperavam e conseguiu reverter o placar de Paris. Desacreditado até os acréscimos, quando Suárez se jogou na área e Deniz Aytekin marcou o pênalti (mandrake). Neymar converteu, e a partida foi outra nos acréscimos. Praticamente no último lance, Sergi Roberto fez o sexto, e a torcida do Barcelona (assim como o resto do mundo) foi à loucura com o 6x1.

O que interessa agora é o futuro. E esta semana faz parte dele. Na terça, a Juventus tentará confirmar seu favoritismo e passar por cima do Porto. Na primeira partida, os italianos fizeram 2x0 e construíram uma vantagem confortável. Com a superioridade da equipe italiana, nada deve impedir a Velha Senhora de vencer novamente os portugueses. O outro confronto do dia coloca frente a frente o Sevilla e o Leicester. Apesar do 2x1 para o time de Sampaoli, o gol de Vardy na ida deu sobrevida ao improvável campeão inglês e, agora que Ranieri foi demitido e o time teve uma melhora, há boas chances de termos um confronto muito aberto em Leicester.

Fechando os confrontos, na quarta temos o Atlético de Madrid recebendo o Bayer Leverkusen, praticamente para confirmar a classificação. Na ida os colchoneros construíram uma vantagem confortável de 4x2 e devem se aproveitar da temporada ruim dos alemães, que acabaram de passar por uma troca no comando técnico. Na outra partida, Monaco e Manchester City prometem uma partida com muitos gols, como foi a primeira (5x3 para os ingleses). O Monaco tem o ataque mais eficiente das cinco principais ligas europeias e o City obteve uma grande melhora na virada do ano. Além do mais, poderemos ver mais pinturas como a de Falcão García.