20 post-its para um pitch marcante

feedbacks [não convencionais] sobre como atrair olhares para seu negócio em poucos minutos

Há pouco tempo escrevi sobre a importância do feedback, não por menos, este é o tema que mais gosto de falar, tanto no contexto de criação de negócios, quanto nas ações da vida.

Como geração Y, busco constantemente feedbacks sobre o que faço, pois quero entender se estou fazendo as coisas da melhor forma, sempre.

Por ser tema de interesse pessoal, me preocupo com o formato dos feedbacks para empreendedores, em especial, empreendedores com pouca ou nenhuma experiência prévia.


A Lotebox não é meu primeiro empreendimento, em 2012 tive a brilhante idéia de criar um site de compras coletivas para artigos focadas nas classes A e B. Me juntei com dois amigos, um advogado e outro administrador, com este time erramos desde o dia 1, abrimos um CNPJ antes de saber até o que seria o negócio em si… dai pra frente você pode imaginar no que deu, afinal, você não deve ter ouvido falar do bandeira vip, não é?

Por que o empreendimento deu errado? Não sabíamos, mas o erro estava nos feedbacks… tinhamos vários amigos que eram público-alvo, mesmo com dezenas de sites para compra coletiva no mercado, afirmavam categoricamente que aquela proposta era incrível (o velho “tapinha nas costas”). Erramos por perder o ceticismo, enfim, vou contar esta história em outro momento…


Infelizmente há pessoas que “vomitam” palpites a respeito das idéias apresentadas, muitas vezes com toda boa intensão acabam com um negócio ruim por convencer o empreendedor que é a melhor coisa já pensada!

No ano passado, como facilitador do Startup Weekend do Ribeirão Preto pensei numa forma rápida e direta de transmitir feedbacks reais sobre a postura dos empreendedores no pitch.

A forma que encontrei estavam nos post-its, isso ai, comecei a desenhar “bobagens” que representavam as falhas identificadas, assim o empreendedor saberia exatamente no que melhorar.

Testei este processo novamente no Startup Weekend de Pato Branco com meu amigo Ricardo Moraes e o resultado foi ainda melhor! Conseguimos um alinhamento rápido entre os mentores sobre como poderíamos ajudar os empreendedores quando chegasse o momento de apresentar seus negócios.

Você está à 20 post-its de um pitch marcante…

No momento de apresentar o negócio você precisa ter em mente que quem está lhe assistindo busca em você a pessoa certa para o negócio, convencê-los é o principal objetivo.

Os 20 post-its falam de comportamentos que levam uma oportunidade por água abaixo, veja:

  1. LENTO: Você é a vida do negócio, então na faça um pitch em marcha lenta. Seja dinâmico sem forçar.
  2. RÁPIDO: Situação oposta, há quem acredite que precisa falar em 30 segundos. Relaxe, respire e fale numa velocidade de fácil entendimento.
  3. DECK: Sua apresentação (precisa existir) deve estar alinhada com o contexto da apresentação. Isto quer dizer que você não vai ler slides, eles complementam sua fala, portanto usar imagens e frases curtas ajudam.
  4. BORED: Tem gente que já começa o pitch com expressão de derrotado. Há momentos que você será julgado pelo pitch, se fica nervoso com a pressão do julgamento, lembre que não há ninguém melhor para apresentar este negócio… você é o cara!
  5. MORTO: Zumbis não existem, mas há apresentadores que se disfarçam como tais. Se seu negócio tem grande complexidade tecnológica use o modo “for dummies”, assim qualquer um entenderá o que seu negócio faz, senão você verá sua platéia dormindo de babar.
  6. TAGARELA: Não tem nada pior que um narrador esportivo fazendo um pitch… dá até vontade de gritar o 8º Gol da Alemanha. Se você tem muitas coisa pra falar em pouco tempo, corte o que não tem muita importância, a quantidade de informações devem estar alinhadas com o tempo.
  7. PERDIDO: Fica muito difícil acompanhar um pitch quando o empreendedor não sabe por onde começar e não tem sequência lógica. Você conhece seu negócio, então não fique vagando, vá direto ao ponto.
  8. ATRASADO: Um pitch deve ser cronometrado, por mais que permitam, não ultrapasse o tempo que lhe deram. Já falei, se tem muita coisa pra falar, cortar é mais interessante que correr para falar tudo.
  9. ENROLADO: Imagine que você tem 3 minutos de pitch, por favor, não leve 2 minutos para chegar no que você está resolvendo. Além de cansar quem assiste, você não terá tempo de fechar o contexto no minuto restante.
  10. EXPLOSIVO: Engajamento é fundamental para mostrar que você está no negócio certo, mas tome muito cuidado com a agressividade na sua fala!
  11. MAL-EDUCADO: Nunca sabemos quem estará assistindo nosso pitch, então, pondere sua linguagem. Palavrões ou expressões pejorativas podem afastar o interesse das pessoas no seu negócio.
  12. EXCLUIDO: Você não está sozinho no negócio, tem pessoas que simplesmente esquecem de falar que existe um time. Vista sua camisa e tenha orgulho de quem está contigo na jornada.
  13. INDIFERENTE: Não tem nada pior que assistir o pitch se um “ser superior”, seja humilde. Por mais que seja um especialista, você não sabe de onde virá a próxima oportunidade para o negócio.
  14. VALIDAÇÃO: Deixe claro como seu negócio é visto pelo público-alvo, sem validação não há negócio.
  15. CADÊNCIA: Nem lento, nem rápido como falei, busque uma cadência… dê ênfase nos momentos certos, isto aproximará seu público de você.
  16. FOCO: Esqueça todos os problemas externos e pessoais, naqueles tantos minutos é o negócio que está em jogo. Concentre-se em tudo que precisa ser dito, não distraia.
  17. PRODUTO: Seu produto precisa fazer sentido ao problema que você está resolvendo, então apresente-o de modo que não pareça a escultura surrealista do Marcel Duchamp.
  18. EVOLUÇÃO: Isto significa ter um STORYTELLING, sua fala precisa ter começo, meio e fim. É isso, não vá e volte na história dezenas de vezes.
  19. ENCHER LINGUIÇA: Se não tem mais o que falar nos minutos que lhe deram, encerre seu pitch, mas por favor não fique enchendo linguiça no palco.
  20. (finalmente) VIAJOU: É simples, se o negócio foi construído para padarias não termine falando da extinção dos pandas.

É isso, estes são feedbacks rápidos e diretos que lhe ajudaram a fazer um pitch marcante… lembre-se o que está em jogo é o seu comportamento frente ao público. Você é a imagem da sua empresa, preserve-a!


Luiz Fernando Gomes: luizgomes@luiz.tips

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.