A nova era é agora

A nossa relação com a moda claramente não é a mesma de 30 anos atrás. Compramos em dobro, diminuímos os prazos de validade e a média de uso de cada peça é apenas 7 vezes. Não é à toa que essa é a segunda indústria mais poluente do mundo.

Sobretudo, o que fica em segundo plano, é que moda nada mais é do que uma forma de se expressar para esse mesmo mundo, que vem sofrendo aos poucos as consequências dos nossos próprios atos. Contraditório né?

Mas a história que queremos contar hoje, prova que vestir-se sem deixar de valorizar todos os processos é o verdadeiro sinônimo de responsabilidade, como indivíduo e como coletivo. E sim, é possível.

André Carvalhal tinha uma carreira sólida e de sucesso no marketing de uma grande grife carioca, até que alguns questionamentos que surgiram foram o suficiente para ele perceber que não estava no caminho em que gostaria. Vivenciava uma realidade de excessos cada vez mais volátil. Não era essa marca que ele queria deixar no mundo.

Depois de um tempo de retiro, criação, descobrimento e redescobrimento pessoal e profissional, surge a concretização do seu verdadeiro propósito: uma empresa gerada e gerida por muitas mentes inconformadas a partir de uma filosofia totalmente plural. Seu objetivo? Deixar o planeta respirar.

Porque vamos combinar? Fora de moda não é repetir aquela blusa que você usou na semana passada. Fora de moda é não ter consciência e responsabilidade pelo seu futuro. Porque empreender é acima de tudo trazer soluções e gerar mudanças para um mundo que, cada vez mais, clama por elas.

E essa é a verdadeira missão da Ahlma.