3˚ Meetup do Sketch Brasil — Ferramentas, papo e pijama

#pracegover: imagem longa com gradiente de rosa para laranjado escrito: Tema: Qual ferramenta você usa para… e as marcas de várias ferramentas espalhadas na imagem.

Terceiro evento da Sketch Meetup Brasil organizado pelos Vitor Guerra e Raniel Oliveira, na Sapato Laranja um espaço para eventos criado pelo fundador da Reclame Aqui, inclusive no mesmo prédio, o evento contou com 50 pessoas aproximadamente, foi muito bacana, teve uns lanchinhos, teve cerveja (Budweiser), refrigerante e muito networking.

No evento anterior não tive a oportunidade de participar, para evitar uma nova falta cheguei mais cedo, precisamente às 13h00 eu estava no prédio, mas só cheguei cedo demais por coincidência de fatores, porém foi legal conhecer a RA, ver o ambiente eclético, as conversas, os grupos e como é tudo bem colorido, despojado e informal.

Voltando ao evento, cheguei antes, mas não acompanhei a organização do evento como ocorreu no evento da Acesso o UX Sessions, porém tive a oportunidade de trocar ideia com o Beto da 99, o Guilherme da Wappa, o Rafinha Prado da Cielo, o Maurício e a Joyce do curso MID, o Lucas da RA e mais um monte de gente (desculpa gente não tenho memória de elefante infelizmente).

Em relação ao evento do ano passado, este eu tive um entrosamento melhor eu diria, mas é algo particular meu, não culpa do evento, ainda assim antes do evento começar tivemos o coffee-break, que foi muito bacana, uns sandubas e pães de queijo, muita cerveja, muita mesmo, refrigerantes, sucos e chá, infelizmente não sabíamos tinha gente que não podia comer pão, mas algo que vamos aprendendo para o próximo evento.

Muitos grupos se formaram nesse momento inicial antes do evento, o moderador do papo que rolou o Vitor Guerra, tinha até aprontado o data show para exibir uma demo do Invision Studio, o pessoal se acomodou e assim a abertura do 3˚ Sketch Meetup Brasil começa, contando que iriamos provar um novo formato e conforme o andamento decidiríamos o futuro da roda que foi feita.

A roda de papo que não era redonda

Apesar de ter um retângulo interno marcado por sofás grandes e longos, tivemos pessoas em cadeiras nas laterais, mesas e sofá ao fundo. Com o objetivo de trocar ideia sobre ferramentas que todos usamos, e abordar o dia a dia, começamos a falar sobre o Invision Studio, o boom mais desejado do mercado, ao menos foi assim que foi pintado, algumas pessoas tiveram a vontade, gana e testaram, sim e a ferramenta se mostrou bastante incompleta, eu abordei as novidades, dificuldades do time da Invision e objetivo, depois disso seguimos para o fluxo de necessidades.

Sketch é bacana, mas falta algo mais, como você utiliza ele, qual o cenário, onde um Design System realmente aparece, porque é tão difícil falar com programadores, o que acontece com esse mundo, cada um quer fazer o seu e esquece do próximo é isso mesmo? Alguns relataram coisas legais de interação, experiência de uso, foi um bate papo num retângulo estilo roda de papo com muita troca de experiências.

Teve gente falando de usar o Atomic, de usar o Axure, ah sim decidimos não ver uma demo do Invision e seguir o caminho de falar de prototipação, mas até este ponto rolou muito papo sobre como tirar proveito das ferramentas, casos reais de uso e problemas e dificuldades encontrado.

Neste papo falou-se pouco de ouvir o usuário, mas quais as dores de trabalhar em equipe, como apresentar algo que realmente seja de fácil entendimento pelo restante da equipe, principalmente os desenvolvedores.

O cara de pijama distribuia as cervejas

A quantidade de cerveja foi um pouco desmedida, mas normal, esperava-se mais gente bebendo e agora já se sabe que dá pra dosar melhor, aí eis que entre um comentário e outro Vitor Guerra levantava e olhava pra mesa e via um monte de cervejas, lá ia ele distribuindo pra galera que já começava a colecionar garrafas na mesa ou no chão.

O legal de evento como este de roda de conversa é que todos podem falar, apesar que eu falei pacas, teve algumas outras pessoas que também puxaram bastante os assuntos, mas rolou uma troca de experiências sugestões, isso foi realmente bacana de rolar (essa ideia de debate foi assunto da reunião do IxDA SP que rolou nesta semana no Maoz).

Hora de dizer tchau

Se deixasse e fosse possível acho que todos concordam, iríamos varar a noite trocando ideia, afinal, bebida tinha, lanche não, mas até aí seria o menor dos problemas, tava muito bom, mas o predio precisava fechar e o o Vitor tava já anuncinando que precisava dormir (alias da hora que ele chega, ele anuncia isso subliminarmente, é a 3˚ vez que vejo o cara de camiseta que parece um pijama sem brincadeira, só faltava ele estar de pantufa 😂😂😂), precisávamos sair e o pessoal tinha que tomar cerveja que ainda tinha na geladeira.

Foi engraçado ele anuncia o fim do bate papo, todos se levantam, mas permanecem nos lugares trocando ideia, por fim saí e teve sessão foto depois que saí, mancada isso Vitor Guerra na próxima vamos reunir a galera antes de despachar né rs.

Foto da galera no fim do evento, com o Vitor Guerra de pijama no lado esquerdo da foto.

O assunto estava tão bom que parecia chato sair do lugar, todos queriam trocar suas experiências e aumentar mais os contatos.

Foi muito legal, um valor acessível para participar, muita experiência trocada o que engrandece a comunidade, esperamos pelos próximos e Vitor Guerra e Raniel Oliveira podem contar com ajuda aí pra organizar os eventos.

Ferramentas abordadas:

Por fim esta dica é para quem perguntou sobre Canais de Design no slack, conforme novos grupos vão surgindo vou atualizando a lista.


Achou o texto relevante? Então clique no botão Recommend, logo abaixo. Fazendo isso, você ajuda este artigo a ser encontrado por mais pessoas.

Like what you read? Give Rick Benetti a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.