Tem dias que a gente transborda

Arte Milena Faé

Tem dias que a gente transborda. É o pai e a mãe que vão embora antes de ouvirem o quanto foi bom. É o discurso da Madonna, a ressaca de insônia, o remédio que acabou. É pedir abraço e ganhar.

É tanta coisa que importa que não é dita. É conseguir dizer um pouco, ouvir um tanto e mesmo assim faltar.

É começar o dia discutindo o direito de reclamar da vida e terminar com as notícias de Aleppo, do Congresso, da miséria, e só se sentir no direito de engolir o choro. Porém transbordar de choro ruim e bom.

É uma coisa dar certo.
É o projeto bonito nascendo.
É o agradecimento pra quem vai embora e pra quem fica.

Chegar em casa e o cachorro vomitou.
Chegar em casa e o irmão chegou.
Chegar em casa e veio pelo correio com cartinha manuscrita a arte que ilustra dia.

É transbordar, pra amanhã encher de novo.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Larissa Magrisso’s story.