8 hábitos que vão livrar seu casamento do divórcio

Acreditamos que se o casal se aplicar a desenvolver estes 8 hábitos estarão livrando o casamento do divórcio, que é uma triste e dolorosa experiência.

Casamentos fortes não nascem do dia para a noite, como num passe de mágica, e para se ter um relacionamento pra vida toda é preciso construí-lo dia a dia. Mas nem todos os casais estão dispostos a se esforçar e acabam decidindo pelo divórcio.

Um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que só em 2016 foram registrados 344.526 divórcios no Brasil.

É um número assustador, que poderia ser muito menor, caso a mentalidade destes casais estivesse voltada para aprender como resolver seus conflitos ao invés de fugir do problema.

1 — Mais diálogo é importante para livrar o casamento do divórcio

Sem diálogo, não há relacionamento. É preciso dedicar um tempo de qualidade com seu cônjuge, para que possam conversar sobre o dia que tiveram, sobre planos de curto, médio e longo prazo, e até para refletirem em como podem melhorar como casal.

2 — Escolham uma noite da semana para ser só de vocês


Jantar em um restaurante e ir ao cinema serão sempre excelentes programas, porém entendemos que nem sempre é possível gastar semanalmente com isso — e um casal sem dívidas é sempre mais feliz. Portanto, tentem cozinhar juntos ou assistir um filme em sua residencia, mesmo. O importante é que consigam ter momentos frequentes de lazer à sós.

3 — Escolham momentos de qualidade em família

Casais unidos geram famílias equilibradas. Assim como é bom que marido e mulher tenham um tempo à sós, da mesma maneira, é importante que os filhos se divirtam junto com os pais de modo rotineiro. Você não precisa correr atrás de opções de entretenimento caras para isso. Invista em sessões de filmes em família, em casa mesmo, ou em um lanche diferente feito por todo mundo na cozinha ou até uma noite de jogos.

4 — Resolvam de forma rápida os desentendimentos

Jamais vá dormir com uma discussão sem solução. Evite também alimentar a divergência. preferindo por elucidar o mais rápido possível o acontecido. Não ceda também, à tentação de querer convencer o outro de que ele está errado.

5- Atividades recreativas saudáveis:

Realizem caminhadas, piquenique, um passeio para um lugar na cidade em que habitam e que ainda não conheçam, acampem, riam e se divirtam juntos. Seu cônjuge deve ser, antes de tudo, seu melhor amigo.

6- Façam refeições em conjunto

Algo simples e muito eficiente, mas que com a correria atual, é quase inviável. Ainda assim, vale o empenho de tentarem fazer alguma das refeições do dia juntos — e distante da tevê. Levantem um pouco mais cedo, preparem a mesa do café e aproveitem. Ou então, à noite, sentem à mesa para jantar e contar sobre o dia de cada um. Esse é um valioso habito para que as crianças herdem.

7- Dê o exemplo

O outro está falhando em alguma coisa? Não espere que ele note e melhore. Faça você mesmo o que é indispensável Olhe para suas próprias atitudes e veja em que você pode ser melhor. Às vezes a atitude do outro é só um reflexo daquilo que você mesmo está oferecendo. Se os dois forem aguardar a iniciativa do outro, a relação irá definhar.

8- Cultivem momentos de nostalgia

Revejam suas fotos antigas e relembrem momentos! As cartinhas escritas no tempo de namoro, os bilhetes, entradas de cinema que estejam armazenados e que mostrem a vocês que houveram dias felizes e que eles ainda podem existir. E se não tiverem lembranças físicas, busquem na memória momentos engraçados e marcantes que reforcem o amor.

Conclusão

Se os maus hábitos cultivados no seu casamento ao longo dos anos, estão empurrando seu casamento para o Divórcio, ainda é possível salvar seu casamento e fazer com que ele volte a te amar como era no início. Para isso é necessário que você tome um posicionamento diferente, aumentando o seu valor dentro do coração dele. São atitudes que envolvem inteligência emocional e psicologia. Quer saber mais Clique Aqui.

Originally published at Sucesso no Casamento.