[SERIES PREMIERE] 01x01: ILHA DOS MUTANTES

Em uma bela e inexplorada ilha de Fiji, 21 castaways foram exilados para viver a maior aventura de suas vidas. Com nada além da roupa do corpo e suas ideologias, os jogadores terão que se dedicar para sobreviver e provar que têm o que é necessário para prevalecer, predominar e permanecer! No final, apenas um será coroado com o título de Sole Survivor.

Os participantes foram divididos em 3 tribos: seu tempo de lounge foi critério para essa divisão. Assim, nos deparamos com os OLD SCHOOL, MID SCHOOL E NEW SCHOOL.

No navio, a caminho da ilha que será sua casa pelos próximos dias, os castaways abrem seu coração e mostram o porquê estão aqui.

[INTRO CONFESS: ALE] Sou basicamente o tipo de pessoa que tem um estoque de conselho pros outros, mas que pros próprios problemas não sabe nem por onde começar. Eu não vou chegar com um roteiro pronto de como jogar, vou observar e deixar as circunstâncias me ajudarem a decidir meu tipo de jogo. Se eu ver que o melhor jogo é um jogo que eu tenha que me expor, colocar a cara a tapa no jogo, jogarei assim.

[INTRO CONFESS: BRUNO] Acredito que no primeiro estágio do jogo, devem ser feitas alianças com pessoas que você possa realmente confiar. Pretendo jogar bastante com o meu lado social.

Uma onda bate forte no navio, jogando água nos castaways.

[INTRO CONFESS: CARLOS] Nesse jogo vou fazer o que for necessário para sair como vencedor. Acredito que posso fazer aliados verdadeiros aqui, mas sei que, como bons jogadores que espero que eles sejam, vão entender se eu tiver que passá-los para trás pra conseguir minha vitória.

[INTRO CONFESS: RAFINHA] Boa tarde, me chamo Rafael, venho do Rio de Janeiro e eu cuido de cavalos. Estou vindo ao game para provar que meu amor pelos animais pode me ajudar. Estou pronto pra vencer.

[INTRO CONFESS: JEAN] Sou extremamente competitivo e leal a quem me dá motivos; mexer comigo ou meus aliados é garantia de seu nome ser chamado no Conselho, mais cedo ou mais tarde. Afinal, paciência é uma virtude que paga religiosamente meus boletos.

[INTRO CONFESS: PVÊ] Meu nome é Paulo Victor, o Pvê. Sou bem quieto, mas tô sempre observando o que está acontecendo ao meu redor e também sou bom em resolver problemas. Acho que isso vai ajudar meu jogo. Pretendo tentar estratégias novas então fiquem de olho.

Divididos em suas tribos, os castaways vão para seus respectivos acampamentos. No momento que pisam na praia, o jogo dispara. Ávidos por se manter na maioria, os grupos começam a se mover. Num piscar de olhos, linhas são desenhadas.

OLD SCHOOL — TRIBO PAGONG

Enquanto a tribo se reúne para trocar figurinhas e se conhecer melhor, Charlie sente-se por fora.

[CONFESS: CHARLIE] Fiquei muito frustrado, pois passei o dia todo conectado nessa droga de Telegram para conhecer as tribos, e daí elas são reveladas justamente quando eu tô saindo pro trabalho. Chego lá e não tenho internet. Imagino que já devem ter alianças para todos os lados.

Ele se prova certo, visto que os membros de sua tribo saíram freneticamente fazendo diversas alianças.

[CONFESS: ODÍLIO] O jogo começou! É um mix de emoções: me sinto preocupado, nervoso e ansioso. Já posso dizer que adorei toda essa atenção? [risos debochados] Sei que é tudo pra conseguir meu voto, mas adorei que todos o seis vieram falar comigo e eu não precisei mover um dedo.

[CONFESS: ALE] Eu gostei da minha tribo em vários aspectos. Charlie pra mim é um aliado natural, assim como Felipe, e quero unir isso e aproveitar que ambos tem issues de jogos passados. Bruno eu quero me aliar também, porque acredito que possa ficar fora do loop da maioria do jogo, a não ser que ele Parvatize, o que pode ser um problema futuramente, mas, por ora, eu gosto das chances da gente se aliar. É uma tribo bem promissora. Se eu fizer um arroz com feijão básico, acho que fica tudo bem.

[CONFESS: FELIPE] Lá vai eu ter que ser falsa e simpática com todo mundo no PV [suspiro frustrado]. Odeio esse jogo. BUT, não cometerei o mesmo erro de Lounge vs BoP e me comprometerei mais no jogo social. Isso vai soar meio bem brega, mas eu joguei um jogo bem fiel em Lounge vs BoP, e acho que está na hora de eu começar a deixar de ter pena e trair as pessoas antes de ser traído.

Aproveitando a distração com a construção do abrigo, Felipe chama alguns colegas para um arbusto e cria uma aliança.

[CONFESS: FELIPE] Desde o início eu decidi que queria jogar com Vini, Odílio e Bruno. Apesar de gostar muito do Alê, eu sei que ele se aliaria mais com Charles e Mauro e eu não quero jogar com Charles de novo. Mas mantive minhas opções abertas. Formei uma aliança com Bruno, Vini e Odílio e nomeei de aliança das Cacuras. Logo em seguida Alê e Charles vieram falar comigo e formamos a Frevo Alliance, os pernambucanos do jogo.

Na beira do mar, enquanto procura siris, Vini reflete sobre sua nova aliança, as Cacuras.

[CONFESS: VINI] O Felipe me abordou e simplesmente criou uma aliança eu, ele, o Bruno e o Odílio. Eu não quero essa aliança, mas não vou fazer algo que vá atrair o alvo para mim logo no começo, então vou ficar na minha.

Mauro se aproxima e, em questão de minutos, os dois estão rindo e conversando sobre engenharia e coisas da vida.

[CONFESS: MAURO] Eu sabia que dependendo da tribo que eu entrasse, isso seria bom ou ruim. Tribo old tribe é… difícil! Todos se conhecem bem mais, tanto que únicos que já conversei foram Charlie e Felipe, mas sinto que talvez Felipe não trabalharia comigo, a não ser que ele ache que me controlaria. Eu realmente gostei da conversa com Vini, simplesmente fluiu.

[CONFESS: VINI] A única pessoa que eu não queria que fosse first boot é Mauro, porque me identifiquei muito muito com ele.

MID SCHOOL — TRIBO MALAKAL

Antes mesmo das apresentações, um castaway se manifesta em relação ao abrigo.

Rafinha: Oi, amores. Eu sou engenheiro nuclear e tenho umas ideias de como construir o acampamento.

Rapidamente, os 7 integrantes correm para a mata buscar materiais para construir o abrigo. E é aí que a estratégia começa a acontecer.

[CONFESS: JAGO:] Estou feliz com minha tribo, muita gente que eu gosto, muita gente com a qual quero trabalhar, muita gente que vai ser divertido de jogar. Eu decidi que não vou me envolver emocionalmente demais com o jogo, estou aqui para me divertir, não quero surtar, não quero que ele mude minha relação com os outros para pior. Logo que eu chego na praia vem o caminhão de proposições de aliança, e eu to adorando isso cara! [risos convencidos]

Totalmente diferente de Bop vs Lounge, que eu tava entalado na merda até o pescoço. Dessa vez eu não vou puxar saco de ninguém, não quero estar no controle, mas não vou ser barata tonta. Dessa vez vai ser diferente.

Enquanto a tribo debate qual é o melhor lugar para criar o acampamento, Macedo, Higor e Jago se afastam gradualmente, com a desculpa de que iam procurar água. Em seguida, Carlos se aproxima e fecha o quarteto.

[CONFESS: MACEDO] Eu gosto muito do Higor e do Jago e acredito que nesse primeiro momento eu realmente posso confiar neles. Mas numa tribo de sete pessoas, precisaríamos de pelo menos mais um pra fechar a maioria. E eis que o improvável acontece: um anjo chamado Carlos vem no meu privado querendo fechar aliança.

[CONFESS: CARLOS] Somos uma tribo de 7 pessoas… A primeira coisa que penso é que preciso da minha aliança de 4 e já começo a pensar com quem me aliar. Minhas primeiras opções são o Higor e o Macedo. Primeiro converso com o Higor, que parece querer trabalhar comigo, depois vou atrás do Macedo e rapidamente nos aliamos… Todos concordamos que o Jago é uma boa opção pro quarto e voilà… Estamos os 4 aparentemente juntos e somos maioria.

[CONFESS: MACEDO] Pra quem acompanhou o Bop vs Lounge, o Cah foi first boot e eu saí logo depois. Então um “bond” de flopados foi automaticamente formado. Eu gosto muito dele e a apesar de Jago já o querer fora, eu não quero. Não sei se ele vai ser leal o jogo todo, mas eu senti uma sinceridade da parte dele quando disse que queria trabalhar comigo, então pelo menos nessa primeira parte eu gostaria de mantê-lo por perto.

Entretanto, Rafinha tem seus próprios planos e, com isso, alianças conflitantes começaram a surgir.

[CONFESS: RAFINHA] Na chegada ao acampamento, enquanto eu pegava bambu, Macedo vem puxar papo comigo. Logo proponho um f3 com ele e Jago, que vinha em direção onde nós estávamos fofocando e entrou na aliança. Só preciso de mais uma pessoa para termos maioria na tribo e sinto que será o Arthur porque confio nele e adoro perucas. Jago quer tirar o Cah primeiro, o que seria icônico, a Francesca do game.

E não foi só uma aliança conflitante.

[CONFESS: ARTHUR] A convivência nesses primeiros dias foi doce e acredito que me pus em uma boa posição inicialmente no jogo. Conversei com Rafinha e já conhecia ele logo do início do Lounge e jogamos juntos no BBUS, o que eu acredito dá um certo nível de afinidade entre nós. Rafinha criou um chat com todos, com exceção de Cah e Carlos, o que pode ter sido um tiro no pé, afinal, Macedo e Cah são amigos. Não sei até que ponto Macedo é próximo a Cah, mas isso descobriremos logo.

[CONFESS: CAH] Eu fiz alianças eu e Macedo com todos da tribo, exceto Rafinha, mas aí o Arthur disse que conseguiu puxar o Rafinha e estamos discutindo opções.

Confortável sentado em um tronco, Cah vocifera suas preocupações para os aliados a respeito da integridade de Rafinha.

Cah: gente, o Rafinha veio falar comigo e já está mentindo.

Higor: o que ele disse?

Cah: que não tem aliança com ninguém.

Macedo: BERRO.

Macedo: Grito, o Arthur não disse que estava com ele?

Cah: num é?!?!?! Não sei como abordar. Já aponto a mentira? Acho que farei isso.

Higor: eita, e aí?

Cah: ele parou de responder.

E como Macedo, Higor e Jago parecem estar no centro da tribo, essa informação chegou no Rafinha…

[CONFESS: RAFINHA] Boa noite, é meu primeiro dia na Ilha dos Mutantes e sinto que estou indo bem até o momento. Pois bem, Jago veio me dizer que Cah está me mirando e ele provou, me enviando uma conversa deles. Cah diz que sou um easy vote, mal sabe essa vadia que ele que será eliminado. Como eu sou falso, chamei Cah no privado, mas não falarei nada sobre voto: vou conversar sobre cavalos.

[CONFESS: HIGOR] Várias alianças foram feitas. Minha principal se chama Bottom 3 que tem eu, Jago e Macedo. Confio nos 2, mas mais no Macedo do que no Jago. Para ter números, trouxemos o Carlos pra aliança e chamamos de MG4. Para sossegar os ânimos, fizemos também uma aliança chamada OTT composta por eu, Jago, Gui, Arthur e Rafinha. Eu trabalhei meu bond com o Carlos pra ter uma relação forte tanto com Jago e Gui quanto com Carlos. Felizmente ele confia em mim a ponto de ser F2.

Carlos: eu acho bom mesmo dentro da aliança eu ter alguém 100%. Assim como você também deve achar.

Higor: Claro. E você me considerou? [sorriso bobo]

Carlos: Sim. [sorriso]

Higor: Eu tô 200% contigo, de verdade.

Carlos: Eu confio em você e quero que saiba que pode confiar em mim.

Os dois trocam um aperto de mão e se afastam em caminhos separados, pra não levantar suspeitas.

NEW SCHOOL — TRIBO GONDOL

Os New School chegam animados na praia, cheio de energia e entusiasmo. Ainda assim, o jogo nos bastidores já havia começado há muito tempo.

[CONFESS: DERIK] Logo de início eu me vi meio deslocado na tribo, porque fui a última pessoa a entrar no Lounge até então. Não conheço todo mundo e as pessoas já têm vínculos entre si. Mas umas 3 pessoas não conversam muito no grupo, então vejo uma vantagem aí. Porém, suspeito que esses 3 (Duda, Leo e Jean) se conhecem de outro lugar. Então meu cenário agora é: me aproximar mais do Pvê e tentar trazer Yasmin e Rabbony pro nosso lado, caso precisemos ir pro TC, um dos outros 3 será nosso alvo.

[CONFESS: DUDA] Eu não poderia estar mais feliz com a minha tribo, pois estou com os meus dois melhores amigos na vida. Conheço tanto o Jean quanto o Léo já faz mais de três anos, confio demais neles. Lógico que nunca dá pra saber como o jogo vai influenciar as pessoas, mas temos tudo para já começar com uma aliança forte. Teoricamente, conseguindo mais uma pessoa, nós já temos a maioria na tribo. Outra coisa que estou chocada é que caiu na minha tribo também a pessoa que eu quero como first boot, o Rabbony. Realmente fiquei de pé atrás com a bio dele, não confiarei em uma palavra que ele falar.

Na tentativa de manter os números a seu favor, Yasmin busca aliados em Duda e Léo. Chama-os perto do poço e discute opções.

[CONFESS: YASMIN] Hoje eu fiz questão de firmar minha aliança com a Duda e o Léo já que me perdi no caminho para a tribo e isso me custou um tempo de interação com todos.

Yasmin: aí, tô bem feliz de estar com você e Léo na tribo.

Duda: também. Eu acho que a gente tem a vantagem na tribo. Lógico, assumindo que você queira fazer uma aliança.

Yasmin: claro, nós somos basicamente a metade da tribo.

Duda: fechou.

Yasmin: acho que o Derik pode ser uma grande ameaça mais pra frente no jogo.

Duda: concordo, mas tenho medo de Rabbony também. Não gostei da bio dele, já me levantou uma bandeira vermelha, saca?

Yasmin: fico entre Derik e Pvê, Rabbony não tem uma boa reputação e vai sofrer pra fazer alianças em qualquer altura do jogo.

Duda: ah, entendi.

[CONFESS: LEO] Ahhh, que tribo maravilhosa. Eu, Duda e Jean temos uma ligação muito forte e que confio muito e pretendo manter até o final. Claro que as pessoas já esperam uma aliança entre mim e Duda mas acho que Jean pode ser um diferencial nisso. Yasmin nos procurou eu e Duda para uma aliança, e com Jean temos maioria. Tive um contato inicial com Rabbony, quero testar a lealdade dele na primeira votação, e se ele confiar em mim, eu vou conseguir ter mais um voto aliado.

[CONFESS: RABBONY] O jogo mal começou e veio Léo já querendo fazer aliança. Lógico que já topei, melhor um que nada. Ousadia da parte dele, vou ficar de olho.

[CONFESS: PVÊ] Eu comecei esse jogo achando que todo mundo ia jogar desesperadamente já desde o começo, mas na minha tribo aconteceu exatamente o oposto. Eu tinha intenção de falar com todo mundo, mas ninguém veio falar comigo, apenas o Derik. Eu conversei com a Yasmin um pouco, mas eu não sei se confio muito nela. Ela pode estar jogando pelos dois lados então vamos ver o que acontece.

*Foram criadas 3 contas no Tumblr pela produção, uma para cada tribo. Esses tumblrs são bloqueados com senha e, dentro dele, se escondem os Ídolos de Imunidade. São 3 dicas no total e a primeira delas foi entregue para a tribo inteira; as pistas 2 e 3 serão entregue posteriormente, de forma individual.*

OLD SCHOOL — TRIBO PAGONG

Vini pondera as alianças e pensa no futuro do jogo.

[CONFESS: VINI] Eu tô bem calmo, as pessoas que têm me abordado pra falar de jogo, então eu quero tentar conhecer mais todo mundo. Entretanto, tem umas pessoas daqui da tribo que são muito caladas, pelo menos comigo. Isso é estranho, mas o fato deles agirem assim é interessante, porque pode refletir muito do gameplay deles e mostrar que eles não têm social com outras pessoas e isso acabe os prejudicando mais a frente. No momento eu realmente não sei o que fazer nessa tribo e quais seriam meus planos de verdade, então eu queria pelo menos vencer essa primeira imunidade pra ter um pouquinho mais de tempo pra pensar.

No meio do caos das alianças, Mauro sobe em árvores e cava buracos em busca do Ídolo.

[CONFESS: MAURO] Achar idol é uma desgraça [grito frustrado]. Eu não sei se é porque hoje estou muito esgotado fisicamente, mas nem consigo pensar direito.

Quando nota Charlie se aproximando, disfarça o que estava fazendo e fala de estratégia.

Charlie: ainda temos nossa aliança? Eu preciso chegar na merge! Digo, precisamos.

Mauro: berro como o “ME” ao invés do “WE”.

[CONFESS: MAURO] Charlie é… ele se fecha pra não dar informação demais, eu meio que percebi isso. Ele fala sobre querer jogar comigo, mas não vejo sinceridade. Eu genuinamente penso que ele passaria por cima de mim sem pensar pra se manter no jogo, o que não é algo chocante, mas se você não disfarça isso…

Ale estava há horas sumido do acampamento, mas novas informações na aliança Cacura (Odílio, Felipe, Vini e Bruno) os deixaram tão preocupados — especialmente Odílio — que ninguém notou.

Felipe: Então gente, Alê e Charles vieram fechar aliança comigo, eu não ia dizer que não né?

Vini: Sim, Felipe, se negasse ia ficar na cara.

Felipe: Pois é.

Bruno: Vieram falar comigo de aliança também, eu tive que dizer sim.

Felipe: Sim, foi a aliança que falei.

Bruno: Pois é, mas sou leal a vocês.

Odílio: barrado em Fiji.

Bruno: mas você tem a nós.

[CONFESS: ODÍLIO] Pelo que eu entendi, Charles e Ale chamaram Bruno e Diniz pra uma aliança sendo que eles estão comigo e Vini! Isso faz deles swing votes? Fico preocupado já que eu estou nas mãos deles. Não me sinto nada confortável já que eles parecem ser mais próximos de Charles do que de mim ou Vini. Eu podia tentar fazer algo com Vini e Mauro, mas não vai adiantar de nada, então eu acho que estou lascado já, espero não perder imunidades. Caso perca, que eu não seja o alvo deles.

[CONFESS: BRUNO] Hoje faremos primeira prova de imunidade, espero que a gente ganhe, não gostaria de eliminar ninguém da tribo e também não quero correr o risco de sair. Mas caso a gente perca, espero conseguir eliminar o Mauro: a única pessoa da tribo com quem eu não tenha aliança, afinal, this is a game, bitch.

Longe dos olhos de todos, Ale cava desesperadamente e… Encontra algo sólido no fundo.

[CONFESS: ALE] E eis que no calmo período pré-prova, durante uma caminhada como quem não quer nada e pá! Achei o ídolo de imunidade! [dança feliz] Oh my fucking freaking god! Eu achei o ídolo [grito animado]. Eu ainda tô sem acreditar, de verdade, mas agora piora porque eu tô morrendo de medo de ser um fiasco com ele. Coloquei um falso no lugar e não pretendo compartilhar com ninguém. Caso me perguntem, farei o sonso que não sabe acertar as pistas.

[CONFESS: ALE] Vou falar a frase perigosa: eu acredito estar numa boa posição. Comecei um social com todos e aí se formou a Frevo Aliance (eu, Charlie, Felipe). Nós concordamos em criar sub alianças. A Hali Aliance (eu, Charlie, Diniz e Bruno) e Os Marotos (eu, Diniz, Charlie, Mauro e Vini), jogando Odílio pro fatídico bottom da tribo. Eu acredito que estamos bem, por ora.

DESAFIO DA IMUNIDADE — [HOST: CAROL]

[HOST] Come on in, guys!

Em seu primeiro desafio de imunidade, vocês terão 15 minutos para fazer uma corrente de personagens de séries. Eu vou dar o primeiro nome e vocês tem que pegar a ÚLTIMA letra desse nome e começar, sempre usando a última letra do nome anterior para o novo nome do próximo da corrente.

Exemplo:

Rachel — Glee (termina com a letra l)

Lexie — Grey’s Anatomy (termina com a letra e)

Emmett — Switched at Birth (termina com t)

Tina — Glee

O novo personagem tem que começar com a letra “a”.

Regras

- Só são válidos personagens de SÉRIES;

- Tem que especificar a série, mas não a letra como eu fiz no exemplo;

- Você pode repetir um nome, desde que sejam de séries diferentes.

- Você pode usar o nome pelo qual o personagem é mais conhecido, por exemplo: Peggy Carter ou Margaret Carter.

- Não precisa do sobrenome.

- 15 minutos para UMA pessoa da tribo me mandar no privado, já escolham antes quem vai ser. — Estourou o tempo, perdeu.

- Ganha quem me mandar a maior lista dentro do tempo.

- Depois de enviado, não pode editar.

Preparados?

PRIMEIRO NOME NA LISTA DE TODOS: Sun — Sense8!

GO!

[HOST] TODOS ESTOURARAM O TEMPO. Vamos desconsiderar pois é a primeira prova. Se isso acontecer de novo, TODOS irão para o Conselho Tribal. Vamos aos resultados.

EM PRIMEIRO LUGAR:

TRIBO PAGONG, OS VÉIOS GANHAM IMUNIDADE!

Ale: aaaaaa.

Mauro: DOCROR Nsjsjsjnd.

Felipe: AEEEEEEEEEE PORRAAAAAAAAAAAAAAAAAA.

Felipe: CHUPA MACEDO CHALLENGE BEAST.

Macedo: pretends to be shocked.

Felipe: FIRST BOOT AQUI NAOOOOOOOOOOOOOO.

Jago: disappointed but not surprised.

[HOST] ATENÇÃO! Essa prova só tem UM GANHADOR. A tribo Pagong.

Macedo: ata.

Cah: P**A QUE PARIU.

Vini: morta.

Carlos: AH NÃO.

Rafinha: minha filha, não faz isso.

[HOST] MAS SÓ UMA TRIBO IRÁ AO CONSELHO. Com a primeira vitória, vem a primeira responsabilidade. A decisão de quem vai para o primeiro Conselho Tribal está nas mãos da tribo vencedora. PAGONG, vocês tem 3 minutos a partir de agora para me dizer se MALAKAL ou GONDOL vão para o Conselho, onde alguém será o primeiro eliminado de Survivor: Lounge Generations.

Derik: NEW SCHOOL NÃO SÃO AMEAÇA, DIGO LOGO.

Rafinha para Derik: Por isso mesmo vão mais longe.

Derik para Rafinha: Cala a boca, garota.

BRUNO, da Pagong, anuncia a escolha da tribo: Com quase unanimidade, Gondol vai para o Conselho.

[HOST] Ok. Pagong e Malakal, hoje vocês estão imunes. Peguem suas coisas e voltem para o acampamento. Gondol, seu destino foi selado. Léo, Jean, Duda, Pvê, Derik, Rabbony e Yasmin. Prepare-se. Um de vocês está prestes a ser eliminado. Peguem suas coisas e retornem.

NEW SCHOOL — TRIBO GONDOL

[CONFESS: RABBONY] E perdemos… Já sei quem vai rodar: sou eu mesmo. Quase não ajudei na prova. Sou first boot sempre.

[CONFESS: DERIK] Hoje tentei uma relação mais pessoal ou ao menos me aproximar de algumas pessoas. Como já tinha falado com Pvê no fim de semana, hoje tentei me aproximar da Yasmin. Acredito que temos que votar juntos por sermos os mais novos do Lounge. Mas se eu quero seguir com a Yasmin até o fim? Não. Porém, a vejo como minha melhor opção por ora. Tentei falar com Rabbony mas ele é muito fechado. Pior cenário possível: iremos ao primeiro TC e Rabbony será o swing vote entre eu, Pvê, Yasmin e Jean, Duda e Leo. Tenho que trabalhar nele.

[CONFESS: PVÊ] Tá bem claro onde estão as alianças nesse ponto: Duda, Jean e Leo não vieram falar comigo individualmente então creio que eles tão numa aliança. Eu me sinto confiante com o Derik nesse início de jogo, uma aliança nasceu em 5 minutos aqui e Rabbony e Yasmin vão votar com a gente. Eu pensei em jogar o alvo para o Leo, mas acho que ele é bom nos desafios então vamos ver o que vai acontecer. Aparentemente a aliança de lá vai votar no Derik, ou seja, depende do voto de Rabbony e Yasmin agora.

[CONFESS: JEAN] Hoje é o dia 3, eu eu não consigo abertura nenhuma com ninguém da tribo. Quando mando oi, sou ignorado. Quando falo algo sou ignorado. Isso é uma droga, sabe. A gente se sente mal pra caramba.

Jean se aproxima de Leo para buscar informações importantes.

Leo: eu me aproximei de Rabbony pra ganhar a confiança dele.

Jean: isso tudo nos privados da vida?

Leo: aham.

[CONFESS: JEAN] Então tá rolando altas conversas, mas ninguém veio me chamar até então…Ou eu realmente me fiz de planta ou eu sou o alvo.

Pensativos e ponderando opções, os castaways pegam suas tochas e caminham cabisbaixos até o Conselho Tribal.

CONSELHO TRIBAL — [HOST: CAROL]

[HOST] Peguem suas tochas e acendam. Nesse jogo, o fogo representa suas vidas: assim que se seu fogo morrer, sua jornada chegou ao fim.

Todos acendem sua tocha e acomodam-se nos bancos.

[HOST] Pergunta para todos: qual é o seu critério para o primeiro voto da tribo?

Jean: acho que não tem critério ainda. Todo mundo se esforçou na prova, mas infelizmente outra tribo ganhou

Ninguém mais responde e o ódio a Tribo Pagong, que os enviou para o Conselho, começa a ser destilado.

Duda: que ódio da Pagong. Quero que apodreçam no inferno. Quero que alguém jogue o arroz deles no fogo.

Jean: acho que Pagong e Malakal vão sempre nos colocar no bottom.

Duda: As outras tribos se conhecem, numa merge eles sabe com quem estão lidando. Aqui ninguém nos conhece, somos wild cards. Eles estão com medo.

Derik: tô aflito.

Duda: Tô nervosa.

[HOST] Vamos ser diretos. Se alguém tem um ídolo de imunidade e quer usar, diga agora.

Leo: esqueci o Idol em casa. Risos.

[HOST] Assim que eu ler os votos a pessoa eliminada sairá do grupo imediatamente.

PRIMEIRO VOTO

Seguindo o curso da minha aliança, ele meio que está por fora do jogo social, então voto nele.

SEGUNDO VOTO

Meu voto é no Derik porque ele é fofo e vejo ele sendo uma grande ameaça mais pra frente no jogo.

TERCEIRO VOTO

Meu voto vai pro Jean, não tenho nada contra você e acho que você se esforçou, mas nunca veio falar comigo nunca se deu ao trabalho de falar comigo na tribo também, então espero que você seja quem vá pra casa hoje.

QUARTO VOTO

Acredito que é alguém muito perigoso/forte. Ele acredita que votarei com ele, mas não confio nele e Pvê. Preciso proteger minha aliança verdadeira.

QUINTO VOTO

Agora que a nossa aliança é maior.

SEXTO VOTO

Meu voto é no Derik, nada contra, mas alguém tem que ser o primeiro e que não seja eu.

[HOST] 3 votos Jean, 3 votos Derik, falta 1 voto.

SÉTIMO VOTO E O PRIMEIRO ELIMINADO DO SURVIVOR: LOUNGE GENERATIONS É:

[HOST] Derik, traga sua tocha.

Derik pega sua tocha e a entrega para Carol — que a apaga imediatamente.

[HOST] Derik, a tribo decidiu. Hora de ir embora.

__

[FINAL WORDS: DERIK] Ouvi eles né.

__

VOTING HISTORY

Duda votou para eliminar DERIK.

Leo votou para eliminar DERIK.

Jean votou para eliminar DERIK.

Yasmin votou para eliminar DERIK.

Pvê votou para eliminar JEAN.

Rabbony votou para eliminar JEAN.

Derik votou para eliminar JEAN.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Survivor: Lounge Generations’s story.