Faça algo que importa para você

Sobre dar vida aos nossos projetos pessoais

Por quantas vezes na sua vida você tem dado ouvido apenas às vozes externas, sem dar valor à sua própria voz? Quantas coisas você tem aberto mão por achar que as coisas que você gosta são bobas ou sem importância?

Acredite, se importa para você, chegou a hora de abrir os olhos e os ouvidos para o seu coração.

Passei a vida brigando contra a minha própria voz. E mesmo ela sendo tão intensa dentro de mim, eu preferia calá-la para dar poder ao medo de ser criticada ou julgada demais.

Quando mais jovem eu observava aquelas pessoas que se destacavam por serem tão decididas e dedicadas a buscar seus sonhos, projetos e planos e acabava por me sentir paralisada pela quantidade de limites que eu mesma me impunha por achar que a minha não era a melhor ideia, ou por não ter a perfeição que eu acreditava ser necessária, ou por não colocar em prática a minha criatividade ou ainda, simplesmente, falar com mais firmeza sobre os assuntos que me interessavam.

Sou apaixonada pela arte da escrita criativa, aquela que dá liberdade a nossa voz interior e nos permite colocar asas nas ideias e palavras que estão no nosso coração, porém esse blog que você lê aqui, está com esse domínio registrado desde o ano passado (2016). Já completou seu primeiro ano e, por receio, eu o tinha colocado em modo “off” para não ser lido ou mesmo encontrado pelo Google. E por quê isso?

Por simples medo de ser vista, de ser lida e não ser aprovada pela crítica de quem pudesse passar por aqui. [pausa para uma cara de reprovação para mim mesma 🙄 ]

Um ano depois, resolvi tirar o “off” do projeto e eis que estou me permitindo ser vista. O blog está no ar, ainda dando seus primeiros passos, mas com a minha cabeça cheia de ideias para ele.

Ah sim, sobre o conteúdo. Esse também era um detalhe que me paralisava, porque quando eu buscava informações sobre blogs e entregas de conteúdo, eu sempre me deparava com a ideia de que era preciso definir um nicho, ou subnicho, para atuar online.

Sim, se você quer criar um blog para ter apenas um negócio online, se seu objetivo é única e exclusivamente o dinheiro, então super ok, mas se você, como eu, quer usar a sua verdade, compartilhar conhecimentos e inspirar outras pessoas que tenham os mesmos interesses que você, não vejo porque você não possa falar sobre assuntos que possam ser uteis de forma menos técnica, com um pouco mais de alma ali [nem só de SEO vivem os blogs], mesmo que isso gere renda em algum momento futuro.

Se seus olhos brilham com alguma coisa, fale sobre isso. Espalhe a sua mensagem. Faça disso um negócio ou uma inspiração para outras pessoas, mas não se cale. 😀

Então eu quero te falar sobre 4 razões para você começar a fazer hoje mesmo algo que te interessa e que se alinhe com as suas paixões de vida:

  1. TORNE-SE UM AUTO-EXPERT: Autoconhecimento é muito necessário, acredite. Busque conteúdos que te inspirem. Encontre livros, revistas sobre assuntos que te interessam, outros blogs e sites. Siga pessoas nas redes sociais que tratem de assuntos que mexem com você. Olhe seus álbuns de fotos de momentos que te fizeram bem. Cerque-se de coisas que fazem seus olhos brilharem. Comece a prestar mais atenção nos seus sonhos durante a noite, o que você conseguir lembrar deles, para descobrir o que você está sentindo e precisando em nível inconsciente. Quais coisas você gosta e tem deixado de fazer para alimentar o seu bem estar e a alegria em você?
  2. COLOQUE-SE EM MOVIMENTO: reconecte-se às suas maiores alegrias. Ao longo da minha vida, duas coisas se mostraram bem fortes nos meus campos de interesse, a música e a escrita, mas que eu sempre deixava de lado, bloqueando o meu ser criativo. Além disso, eu descobri o quanto sou apaixonada por ajudar pessoas, por motivá-las, por fazê-las acreditar em si mesmas, por fazê-las colocarem-se em movimento, porque era isso que eu sentia em mim sobre mim mesma. O que eu descobria e aprendia que eram bons para mim, eu queria dividir com outras pessoas que estivessem buscando as mesmas coisas que eu. Quais são as coisas que te fazem feliz? Escrever? Dançar? Pintar? Cantar? Tocar? O quê?
  3. CERQUE-SE DE PESSOAS APAIXONADAS PELO QUE FAZEM. Encontre a sua turma. Pessoas que sejam positivas em te apoiar e te inspirar. Anote num caderno o nome de todas as pessoas que fazem parte da sua vida hoje. Olhe para essa lista e analise se essas pessoas estão te inspirando ou drenando as suas energias. Faça uma lista de que tipos de pessoas você quer atrair para a sua vida e que possam te impulsionar a ir em frente nos seus objetivos. Quando eu olhei para a minha realidade, eu percebi que muitos dos colegas e outras pessoas que estavam na minha vida, eram pessoas que, simplesmente estavam em outra vibe. Não curtiam as mesmas coisas e nem estavam em busca dos mesmos objetivos que eu, e isso acabava por me colocar pra baixo, fazendo com que eu me sentisse o patinho feio da turma por querer ser diferente.
  4. FAÇA ALGO QUE IMPORTA PARA VOCÊ: Eu decidi que esse blog ia ganhar vida para que eu pudesse dar vez às minhas palavras. Quero ajudar pessoas, compartilhando ideias, ações e inspirações que elevem suas vidas, que possam ser úteis e motivadoras. Já tem tanta coisa ruim sendo propagada por ai. Por que não falar de coisas boas, que fazem bem, que tornam a vida mais leve?

O que importa para você? Qual coisa você pode se desafiar a fazer hoje para começar a colocar no mundo algo que importa realmente para o seu coração?

Colocar-se em movimento para fazer algo que é valioso para você pode ser assustador no início, ainda me sinto assim inúmeras vezes, mas é preciso consciência de que fazer isso vai fazer você se sentir mais livre, mais vivo, mais inteiro e presente nesse mundo.


Gostou do texto? Clique no coraçãozinho ali embaixo ❤, assim me ajuda a levar essa mensagem para mais pessoas. Gratidão! _/\_ Ɲαɱαsɫê Ʒɔ̐