A homossexualidade assumida via YouTube

A internet tornou-se uma parte fundamental na questão social, especialmente ao que corresponde aos jovens. Chamados de geração globalizada, geração do milênio, entre outros termos, os jovens atuais possuem o privilégio de usufruir da internet e explorar esse universo digital.

Jovens de todo o mundo são capazes de partilhar informações, desejos, ideias, posicionamentos sociais e políticos, de diversas maneiras e em variadas mídias ou plataformas na internet. Portanto, vem sendo cada vez mais comuns vlogs e canais no YouTube, onde esses usuários expõem todo esse tipo de informação, cada um ao seu jeito. Isso nos leva a uma observação em todas essas maneiras de exposição, que resultam em uma análise sobre o comportamento digital adotado por esses jovens.

O comportamento digital se manifesta por meio das mídias ou nos polos digitais, por exemplo o YouTube, aonde as pessoas possuem canais e vlogs destinados a uma interação com o público digital para o qual eles estão se expondo. Muitas dessas subcelebridades da internet possuem laços tão fortes com seus seguidores que compartilham questões pessoais e de importância para eles mesmos, justamente pelo vínculo de confiança e amizade que se manifesta por eles nessa relação digital.

A relação construída a partir de vídeos é tão forte que notavelmente, pessoas tem decidido fazer anúncios sobre suas vidas pessoas, na intenção de se manter verdadeiro com aqueles que o seguem, assim como, ajudar e servir de inspiração para aqueles que necessitam, que é o caso, quando se trata de assumir homossexualidade.

O quão difícil pode ser para um adolescente ou jovem assumir a homossexualidade para familiares, ou até mesmo para si mesmo? Com isso, youtubers que passaram por essa experiência, passaram a compartilha-las com seus seguidores. Um caso famoso é o do atual cantor australiano, Troye Sivan que publicou em seu canal em 7 de agosto de 2013, um vídeo assumindo sua homossexualidade. No vídeo “Coming Out”, o garoto, na época youtuber, fala abertamente sobre o tema, comentando a experiência familiar que passou entre outras situações. Ele ainda comenta o quão estranho é anunciar a informação para a internet, entretanto, acredita que os seguidores são realmente seus amigos e por isso, ele deveria informa-los.

Outro caso interessante é o dos gêmeos Rhodes, que fizeram um vídeo assumindo a homossexualidade de ambos para o pai. No vídeo intitulado “Twins Come Out To Dad”, os irmãos fazem uma ligação para o pai e se assumem para ele durante o diálogo. A conversa acontece de forma bastante emotiva para os envolvidos, o que leva a refletir à aqueles que assistem ao vídeo.

Apesar de a exposição virtual ainda ser algo mal compreendido ou julgado, ela acontece e de diversas maneiras. Entretanto, o ponto aqui é reconhecer nesse comportamento, a coragem desses youtubers e o apoio e preocupação deles com os jovens que estão passando pelo mesmo momento confuso, de desolação que eles passaram, e aqueles que ainda estão com medo e que mais do que nunca precisam de um apoio e incentivo para fazer o que acharem correto, e nesses casos, este comportamento de postar vídeos sobre homossexualidade se mostra ainda mais impactante ao usuário-espectador.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.