A influência das redes sociais na vida das pessoas

Já faz parte do cotidiano das pessoas a presença em redes sociais e com o avanço da tecnologia, usa-las ficou muito mais fácil através dos smartphones e tablets. Exemplo disso é o fato de cerca de 70% dos acessos ao Facebook no Brasil, são feitos em smartphones ou tablets. Tornou-se muito mais comum encontrar pessoas nas ruas, trabalho, escola, filas, salas de espera, ônibus, metrô… em qualquer lugar, fazendo uso de seus celulares ou tablets.

Mas essa facilidade de acesso pode ter uma parte negativa, a dependência que ela pode desencadear em alguns indivíduos. Muitas pessoas têm deixado de sair com familiares, amigos, deixando de fazer tarefas, trabalhos para ficar conectado as redes. Postar, compartilhar, curtir, passa a ser uma necessidade. Qualquer atividade corriqueira passa a ser motivo de um clique para a rede. Um prato, um lugar…

Pessoas acostumadas a passar de 8 a 14 horas diárias nas redes teriam grande dificuldade em ficar 2 dias fora do Facebook, Twitter, Instagram, por exemplo, nesse momento é possível identificar a dependência.