Denúncias em redes sociais

O comportamento que pude observar como tendencia digital foi o fato de que cada vez mais homens e mulheres (não só jovens, mas sim diversas idades de usuários) estão usando as redes sócias como ferramentas de denuncia. As pessoas estão procurando diferentes meios e formas para poderem se comunicar e serem ouvidas. E nos dias de hoje, quais são as formas mais eficientes de divulgação para que suas denuncias possam chegar/atingir um número maior de pessoas do que por posts ou videos no Facebook, Tumblr, Twitter ou no Youtube e etc?

Em diversas redes sociais também estão ocorrendo movimentos e campanhas que para sua divulgação são usados os famosos hashtags (#).

Como por exemplo #meuamigosecreto, que foi usado por mulheres (principalmente, mas homens também) como uma forma de denunciar formas de abuso (sexual, verbal, e outros), de comportamento ou a forma como tais pessoas (os “amigos secretos”) pensam, sem necessariamente colocar o nome ou marcar a pessoa que estava sendo denunciada. Essa campanha foi criada para denunciar o comportamento incoerente de pessoas com quem elas ou eles conviviam, aquelas pessoas que não se julgam machistas ou preconceituosas, mas eram. Outro exemplo de campanha que acabou ficando muito conhecida foi a #meuprimeiroassédio.

Além das hashtags, videos de câmeras de segurança também estão sendo espalhados pelas redes sociais para que fique mais fácil a identificação e captura de ladrões ou de pessoas que cometeram maus tratos/abandono de animais.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.