O velho novo

Por que essa mania humana de copiar o que a própria humanidade já criou? Não no sentido de ficar repetindo as mesmas coisas sempre, mas reaproveitar algo do passado para gerar novas modas.

Introdução original da série
Introdução referência aos desenhos dos anos 30

Claro, todo conteúdo necessita de uma referência anterior para ser produzido, entretanto, em nossa sociedade atual estamos praticamente pegando diversos estilos antigos de nossa historia cultural, moendo tudo o que a ideia de estilo representava na época, e regurgitando pedaços desse passado no nosso presente, causando assim um sentimento de nostalgia exagerada, de querer a tecnologia atual com a cultura de décadas atrás.

Mas não há como culpar essa sociedade, os produtores de conteúdo atuais são as crianças daquele tempo, que viveram tempos de ouro da cultura ocidental, e que conseguem achar até nas coisas mais simples uma forma de se referenciar à aqueles anos, mesmo que isso signifique ser rotulado como hipster, ou retrô.

Aí é possível até criticar que “ah, mas eles só estão querendo fazer uma referência à aquela época”, e que talvez até seja apenas uma referência, mas é preciso primeiro pôr na balança dois pesos para avaliar se é nosso estilo atual ou apenas uma “cópia”:

O que está aparecendo mais, o nosso modo de vida atual, e como reinterpretar o século passado baseado nisso, ou o sentimento de nostalgia de querer reviver aquela época?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.