Traço digital em animes

A indústria de animação japonesa, por incrível que pareça, ainda é movida por animação a mão, tendo somente, a colorização e edição sendo feita digitalmente atualmente. Isso porém continua custando muito dinheiro e esforço humano para produzir uma animação, geralmente de 13 episódios. Porém, essa quantia de episódios ainda é possível ser feita a mão. Mas e quando você tem uma serie ininterrupta por 20 anos com media de 150 episódios por temporada, além de no final de uma temporada outra já se iniciar?

Essa é a realidade de Pokémon, e não adianta o dinheiro que for, o numero de pessoas trabalhando no processo, chegará uma hora que a equipe se desgastará. A OLM, estúdio que anima a serie desde a década de 90, quando se iniciou a serie, vem estudando formas e conceitos que possam ajudar o desenvolvimento da serie. Em XY, o estúdio utilizou sua nova tecnologia que permitia o desenvolvimento de cenários 3D com efeito de 2D, isso permitia que os animadores brincassem com os movimentos da cena, sem se preocuparem com o trabalho complexo que o ilustrador de cenário teria.

Cenários 3D de Pokémon XY

Porém, em Sun & Moon, a OLM foi além. Dessa vez o estúdio desenvolveu uma versão modificada do software ToonBoon para ajudar os animadores do estúdio a se desgastarem menos ainda, aliviando todo o processo de animação. E isso surgiu um efeito imediato, a serie passou dos meros 15 quadros por segundo para 24. Isso é impressionante para uma serie japonesa que possui tantos episódios sendo lançados durante um ano (cerca de 50 episódios, 1 por semana).

Porém, o que isso impacta na indústria japonesa?

A serie de Pokémon sempre foi uma das series de animação japonesa que mais trouxeram tecnologias para dentro da indústria, no lançamento de Advanced Generations, em 2002, o estúdio mudou seu estilo de celuloide para pintura digital. Porém muitos dos fãs não aceitariam a mudança drástica, pelo fato de o visual ser muito diferente e até então, o padrão da indústria japonesa até o momento ser o de celuloide. A OLM decidiu usar um filtro que cria o efeito do estilo antigo, e ao longo dos episódios eles foram diminuído, ate retirar. Isso de fato altera o padrão da indústria, pois Pokémon na época possuía uma media de audiência de 9 pontos, ou seja 10% de todas as televisões ligadas no Japão, estavam assistindo a serie. As pessoas foram acostumados com o visual digital através de Pokémon. E isso mudou com outras series, quando Pokémon Diamond & Pearl fez transição para 16:9 HD.

Celuloides da primeira temporada de Pokémon

Dessa vez as animações serem totalmente digitais, traz um outro olhar para animadores digitais. Atualmente o Japão vem com uma decrescente de animadores interessados em trabalhar na indústria, porém tem aumentado o numero de web animadores (possível de encontrar muitos no site Pixiv). E essa mudança cria uma demanda para trazer esses animadores a ajudarem em uma indústria que lentamente vem caindo e traz um respiro novamente para um outro estilo visual, que até então não era possível com o analógico.

Pokémon Advanced Generations e seu filtro de celuloide

É extremamente visível a diferença que a animação digital possui em relação ao tradicional, é possível utilizar brushs para criar efeitos nas linhas, fazer ajustes e manter uma linearidade de qualidade, que muitas vezes o analógica requisitava ser refeito do inicio.

Animação de Yoshimichi Kameda

Porém, um velho ancião que trabalha desde a primeira temporada de Pokémon e anima seus episódios praticamente sozinho, o lendário Masaaki Iwane, continua fazendo seus episódios de forma analógica, ainda se adaptando ao formato digital, dito pelo mesmo em seu blog, porém é possível ver em seu Twitter, algumas brincadeiras que anda realizado com o Blender e After Effects.

Cena animada por Masaaki Iwane em de seus episódios em XY

A equipe de Pokémon sempre teve nomes de peso dentro da indústria de animação, isso ajuda a colocar os holofotes para os fãs de animação propriamente dito e os interessados a trabalhar na área, como Aito Ohashi e seus quadros-chaves impressionantes e dinâmicos, Yasushi Nishiya e sua animação extremamente fluida, Isao Nanba e sua animação expressiva, e não esquecendo de Yasuhiko Akiyama e seu manuseio de acting espetacular. Sun & Moon está sendo um show de experimentação para esses animadores (so olhar no seus respectivos links mostrando suas animações em Pokemon SM) e além deles citarem sempre em seus Twitters coisas que estão experimentando. Pokemon Sun & Moon está trazendo um novo estilo de animação japonesa, se em 2002 vimos a mudança da colorazição analógica para digital, agora estamos vendo a animação em si experimentando seu formato através do digital.

Extra:

Olha esse acting maravilho do Akiyama. Como eu amo a animação dele.
Like what you read? Give Lucas Bressan a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.