Vaporwave em clipes de K-pop

Como os clipes musicais sul-coreanos estão sofrendo uma forte influência visual de movimentos artísticos como o Vaporwave.

ScreenShot do Clipe NCT DREAM “Chewing Gum

O K-pop é um gênero musical que tem sua origem na Coreia do Sul, não só um gênero musical mas um estilo que trouxe sua influência para o mundo inteiro através do meio digital. A expansão do K-pop deve-se principalmente pelos seus clipes musicais (também chamados de MVs pelos fãs) muito bem produzidos e elaborados, que atraem a atenção e curiosidade de muitas pessoas.

A preocupação com os aspectos visuais dos clipes musicais do gênero são bem evidentes e as empresas do ramo geralmente não economizam nas produções de seus MVs.

Tendo esta preocupação, o K-pop está tentando incorporar movimentos artísticos que estão em alta como o Vaporwave em seus clipes musicais. Entre alguns dos elementos visuais que o estilo trás está a predominação da mistura de cores como o roxo, azul e rosa, a utilização de elementos gráficos muitas vezes “toscos”, com muitas plantas, o uso do padrão quadriculado e também a referência ao sentimento nostálgico como as antigas e clássicas janelas de computador do windows e eletrônicos como vídeo games e TVs antigos.

O primeiro elemento identificado nos clipes de K-pop é a paleta de cores, que mistura o azul, roxo e rosa, muito utilizado em diversos MVs.

(Clipes da imagem da esquerda para direita de cima para baixo) 1. SNUPER “Platonic Love” 2. BLACKPINK “Whistle” 3. CLC “Hobgoblin” 4. EXO “Monster” 5. NCT DREAM “Chewing Gum” 6&7. MONSTA X “Beautiful” 8. Seohyun “Don’t say no” 9. TEN “Dream in a Dream” 9. EXO “Love me Right”.

Uso do padrão quadriculado, plantas, neon e também um padrão de cor azulado.

(Clipes da imagem da esquerda para direita de cima para baixo) 1. VICTON “I’m Fine” 2. S.E.S “Paradise” 3&10. NCT U “The 7th Sense” 4. Seventeen “Adore U” 5&6. EXO “Love me Right” 7&8. GOT7 “Never Ever” 9. MONSTA X “Beautiful”

Efeitos gráficos antigos muitas vezes considerados “toscos” propositais.

(Clipes da imagem da esquerda para direita de cima para baixo) 1&2. Seventeen “Adore U” 3. SNUPER “Platonic Love” 4&5. OH MY GIRL “Coloring Book” 6. NCT DREAM “Chewing Gum

E por fim, a referência a tecnologia muitas vezes nostálgica.

(Clipes da imagem da esquerda para direita de cima para baixo) 1&2. BLACKPINK “Whistle” 3&4. Cosmic Girls “I Wish

Na maioria dos clipes, a referência ao Vaporwave não é tão evidente, apenas utilizam alguns elementos do movimento em algum momento ou outro, porém temos alguns em que a referência é mais forte.

Pode-se fazer uma “escala” com alguns clipes para definir quanta influência do Vaporwave cada um tem.O MV de TEN “Dream In a Dream” por exemplo, tem forte uso das cores do movimento durante todo o vídeo.

Já no MV de Cosmic Girls (WJSN) “I Wish”, podemos perceber mais influências. Além das cores, que também lembram um pouco o glitch, há o uso das janelas de computador, o nintendo, os clássicos celulares de flip, e os emojis, além do clipe passar um “feel” do estilo japonês kawaii, podendo fazer uma ponte com o Vaporwave que também utiliza um pouco desse estilo.

No MV de NCT DREAM “Chewing Gum” a referência ao Vaporwave já é ainda mais evidente, além da cor em alguns momentos, o clipe conta com diversos efeitos “toscos” que contém diversos elementos do Vaporwave.

E por fim, de Dean “Put my hands on you”, esse clipe dispensa comentários, a influência do Vaporwave pode ser notada nos primeiros segundos e dura pelo resto do vídeo. Outro exemplo semelhante a esse, é o MV de PRIMARY, OHHYUK “Island”.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Paula Konno’s story.