Evangélicos para leigos — 11 coisas que você precisa saber

Esta é uma lista bem resumida, ou seja, muitos detalhes ficaram de fora, mas acredito que os que cito aqui já ajudam a ter uma ideia bem básica.

NÁRNIA — Aslam incentivando Lúcia, Eustáquio e Edmundo a procurá-lo na Terra por outro nome.
  1. Evangélicos são os cristãos protestantes que vieram dos cristãos católicos.
  2. O termo significa boa mensagem, mensageiros da boa notícia. Há quem diga que o termo começou a ser utilizado pelos Luteranos, não muito tempo atrás.
  3. Existem várias ramificações, a mais conhecida é a neopentecostal, das igrejas Universal (Edir Macedo), Mundial (Valdomiro Santiago) e Internacional da Graça (R.R. Soares). As outras ramificações são as de doutrinas pentecostais e reformadas que são as mais antigos da história e que seguem firmes até hoje.
  4. As igrejas Universal, Mundial , Internacional da Graça e Congregação Cristã do Brasil, por exemplo, têm doutrinas mais polêmicas que causam discórdias entre os outros evangélicos. Alguns as consideram seitas.
  5. Evangélicos tem um só Deus, mas que são 3 pessoas que subsistem em 1. Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Portanto os 3 são Deus.
  6. Caso o item anterior não tenha ficado claro, Jesus é Deus. Isso é bem importante para os próximos tópicos.
  7. Os evangélicos não acreditam que os santos fazem uma ‘ponte’ para Deus, apenas Jesus Cristo basta. Nesse sentido, o próprio Deus nos religou com Ele por meio de sua versão¹ corpórea (encarnada), Jesus Cristo.
  8. Jesus surgiu no Novo Testamento e sua chegada foi prevista no Antigo Testamento. Muitas das coisas do Antigo Testamento (AT) eram específicas para uma era sem o Cristo (Messias) e exclusivas para o povo judeu. Por isso que o AT não é praticado à risca² pelos cristãos. Mas o Antigo Testamento ainda é estudado por eles sendo uma ferramenta importante para conhecer mais sobre Deus.
  9. Em tese, não há nada para fazer que garanta a salvação. Jesus já fez tudo pelos homens. Basta crer nele, se arrepender de uma vida sem Deus, de pecado e assim será salvo. Ou seja, uma pessoa boa não irá para o paraíso necessariamente, pois sem ser brother³ de Deus não há paraíso.
  10. Deus é atemporal, por isso ele não passou a existir em determinado momento da história. Esta é uma das razões porque ele se autodenomina “Eu Sou”.
  11. Os evangélicos são exclusivistas. Significa que só o Deus do cristianismo é o verdadeiro. As outras religiões podem até ter algum atributo de Deus por uma revelação geral, mas a revelação especial (Jesus Cristo) é a que vale. Pois Jesus disse “Eu sou o caminho, a Verdade e a Vida” e não “Eu sou um dos caminhos, uma das verdades e uma das vidas”. Nada de relativismo.

BÔNUS

12. Apenas por curiosidade: há a ramificação dos restauracionistas, que somente no Brasil são erroneamente considerados evangélicos/cristãos. Em outras partes do mundo, não o são. Tratam-se dos Mórmons, das Testemunhas de Jeová, dos que pertencem à Perfect Liberty, à Congregação Cristã do Brasil e até dos Espíritas que quase se encaixam nesta linha, apesar de serem considerados uma outra religião. Mas isto é um assunto para outro post (Afinal, quem é considerado evangélico?).

E aí? O que mais um leigo precisa saber? Acrescente aí nos comentários =)


NOTINHAS PARA ESCLARECER

1- Pois o próprio Deus nos religou com ele por meio de sua versão
O termo versão é para ficar mais pedagógico, não deve ser interpretado literalmente. É independente do tempo, ou seja, Deus pode se expressar nas suas 3 versões ao mesmo tempo, como vemos em Mateus 3:16,17.

2- …o AT não é praticado à risca pelos cristãos
Neste caso não quero dizer que descartamos o AT, pelo contrário, levamos ele muito a sério e a Lei Moral é muito útil para nós. Existem várias leis no AT, como por exemplo, a Lei Civil e a Lei Cerimonial que serviram ao povo judeu especificamente. Hoje, não faz mais sentido um cristão seguir essas leis, claro.

3- …uma pessoa boa não irá para o paraíso necessariamente sem ser brother de Deus
Óbvio que a expressão brother aqui significa intimidade, amigo, brow, chegado, meu bom, etc. Não dá para ser salvo sem Jesus Cristo na sua vida, sem Deus.

4-…o seu nome é “Eu Sou”.
Esse é um momento especial, onde Deus revela seu nome a Moisés. Isso dá uma dica da grandeza de Deus. EU SOU, não é EU ERA, ou EU SEREI. Não importa a era em que você ler este texto, Deus está presente. Ele é.

Ninguém o criou, ele sempre existiu. Ele não está preso ao tempo e é impossível saber ‘quanto tempo’ ele existiu antes do mundo material, uma vez que o tempo foi invenção dele mesmo.

5-…mas a revelação especial (Jesus Cristo) é a que vale
Aqui não estou desmerecendo de maneira nenhuma a Revelação Geral, que é a noção que qualquer ser vivo no mundo tenha de Deus. O que quero dizer é que a Revelação Especial é decorrência lógica e obrigatória. Assim, a Revelação Geral leva para Revelação Especial, esta é a ideia, este é o objetivo. Estas coisas só se dão pela fé, pois a fé é dom de Deus.

Não adianta se convencer de que Deus existe rejeitando seu Filho, pois quem rejeita o Filho também rejeita o Pai e o Pai o rejeitará.

Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Este é o anticristo: aquele que nega o Pai e o Filho.
Todo o que nega o Filho também não tem o Pai; quem confessa publicamente o Filho tem também o Pai.
Quanto a vocês, cuidem para que aquilo que ouviram desde o princípio permaneça em vocês. Se o que ouviram desde o princípio permanecer em vocês, vocês também permanecerão no Filho e no Pai.
E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna.
1 João 2:22–25

NÃO ESQUEÇA DE DEIXAR UM CORAÇÃOZINHO SE GOSTOU DO TEXTO =)