Trabalhos passados — Sophia

Olhando para os trabalhos realizados ao longo do curso até hoje, posso destacar 3 trabalhos que eu me identifiquei e fiquei satisfeita com resultado. E outros 3 que eu não me identifiquei.

Aí vai:

Gostei:

Trabalho de inovação (e-book) — Prof. Crystian Cruz (2o semestre)

Grupo: Danielle Benvenutto e Sophia Kraenkel

A proposta desse trabalho era repensar a capa de um e-book ou de uma revista digital. O objetivo era pensar se o ideal para a capa de uma publicação digital era ser igual a capa de um livro impresso ou se era interessante inovar seu formato, usando, por exemplo, GIFs ou vídeos. O resultado era um protótipo da capa.

Minha ideia foi criar um livro baseada na coletânea completa dos quadrinhos Peanuts de Charlie Shulz. Como é uma coletânea com um número muito extenso de tirinhas a intenção do e-book seria que o usuário acessasse diariamente (ou com certa frequência) para ler uma ou duas tirinhas e não necessariamente um grande volume de uma só vez.

A capa seria um vídeo do Peanuts personalizado para a situação em que o usuário se encontra inserido e para reconhecer essas situações seriam utilizado recursos nativos do tablet. Essa personalização se dá acordo com alguns fatores:

  • Geolocalização:

— Previsão do tempo (chuva, sol, neve, etc)

— Estação do ano

  • Relógio/Calendário:

— Horário (dia e noite)

— Datas comemorativas (feriados)

— Dia da semana

Link do resultado: https://www.behance.net/gallery/30427925/Digital-Book-Project-Peanuts

Auto-avaliação: Gostei bastante da ideia e do tema do trabalho. Acho que hoje teria feito uma apresentação mais aprofundada e refinado um pouco mais o resultado. Mas como protótipo achei que ficou bom até porque não tivemos tanto a tempo.

Projeto Interdisciplinar 3o semestre "Passilitas" — Professor Andrei Thomaz, Fábio Silveira, Maria Carolina Toledo, Fabiano Braga

Grupo: Amanda Sakai, Danielle Benvenuto, Julia Danesi e Eu

Nesse projeto criamos um site (utilizando o software Adobe Muse) com intuito de promover uma inovação social. Desenvolvemos a identidade visual da marca (e criamos a marca) e analisamos o consumidor através do design estratégico.

O grupo escolheu como objetivo facilitar a vida dos pedestres paulistas, permitindo que eles notificassem à Prefeitura sobre problemas encontrados nas ruas (buracos, calçadas inexistentes, baixa segurança,etc) e permitindo que os usuários se organizassem através da mediação da plataforma para promover intervenções urbanas que resolvessem alguns desses problemas.

Auto-avaliação: Acho que o grupo conseguiu evoluir bastante durante o semestre, e penso que começamos com uma ideia mais ou menos crua e depois de muito trabalho e discussão conseguimos encaminhar bem o trabalho. Como foi o primeiro grande projeto que fizemos foi bem importante para o meu amadurecimento. Acho que houveram alguns problemas, relacionados principalmente a técnica (por exemplo: não tínhamos conhecimento de Java para fazer o site corretamente e sofremos com os diversos bugs do Muse). Gostei especialmente da comunicação que criamos desde o conceito do nome até a aplicação dela no site.

Projeto Interdisciplinar 4o semestre “Revista Eon” — Professor Fábio Silveira, Andrei Thomaz, Daniel Grizante e Rica Saito

Grupo: Amanda Sakai, Julia Danesi e Eu

Acho que esse foi o projeto mais bem acabado que realizei até agora no IED. Nele produzimos uma revista sobre slow movements chamada Eon. Além da revista impressa criamos uma revista digital para iPad, um motion graphics, dois vídeos (um promocional e uma entrevista) e um mapa no software de programação, o Processing.

Auto-avaliação: Apesar de ter quase morrido para terminar todas os trabalhos relacionados ao projeto, eu gostei muito da revista que criamos. Acho que o grupo trabalhou muito bem junto e conseguimos produzir todos os produtos com qualidade. Apesar de ter participado e opinado em todos os trabalhos, minha participação foi principalmente na produção do projeto gráfico, na diagramação das páginas da publicação impressa e a criação da revista digital. Também gostei muito de desenvolver o motion, apesar só ter tido tempo de trabalhar no roteiro e na animação das ilustrações que as meninas fizeram. Acho que a apresentação do grupo foi boa (finalmente).

Não gostei:

(foto)

Ilustração da criatura fantástica — Prof. Daniel Grizante

A proposta era criar um monstro a partir da descrição contida no livro de Jorge Luis Borges. O meu ser sorteado foi A Peluda de Ferté-Bernard, um bicho do tamanho de um toro, com um pelos verdes e cabeça de serpente. Suas patas são largas como de uma tartaruga e ela tem um rabo com um agulhão venenoso (como de escopião).

Auto-avaliação: Achei muito difícil fazer essa ilustração, apesar de ter achado a proposta muito boa. Eu refiz várias vezes, mas não deu certo. Achei que não ficou legal esteticamente e que como refiz tantas vezes o monstro não consegui criar um cenário/fundo apropriado para o desenho. Acho que houve uma dificuldade de conseguir ilustrar um ser com qual eu não me identifico e que tinha uma aparência muito grosseira diferente do estilo mais delicado que eu desenho.

(video)

Vídeo entrevista sobre Rockabilly — Fábio

Grupo: Danielle Benvenuto, Julia Danesi e Eu

A proposta dessa matéria era fazer um vídeo sobre algo que era referente a sua área (Moda, Gráfico ou Produto, já que a turma era misturada). Escolhemos unir disciplinas e fazer um vídeo para nossa pesquisa de Antropologia, na qual pesquisamos sobre pessoas que se vestem nos dias de hoje com o estilo anos 50, relacionados a dança Rockabilly.

Auto-avaliação: As filmagens ficaram boas, tivemos que fazer duas diárias (entrevistamos 3 pessoas) e conseguimos um bom conteúdo. Fizemos filmagens de cobertura suficientes, mas poderia ser mais variada. O resultado ruim se deve na edição. Nosso grupo descobriu, logo antes da AV2, que cada integrante deveria entregar um vídeo editado individualmente. Dediquei um dia para editar, mas não foi suficiente. O som ficou horrível, oscilava várias vezes. Alguns cortes ficaram muito bruscos. Basicamente ficou sem acabamento. Acho que poderia ter buscado uma visão mais artística no vídeo, mas pela praticidade optei por um viés mais jornalístico e objetivo, mas acho que teria ficado melhor se tivesse planos mais diferentes e se eu tivesse tirado a narração e usado músicas de outras maneiras.

(foto)

Objeto tridimensional — Disciplina Expressão Tridimensional com a Profa Marli

Grupo: Danielle Benvenutto e Eu

O objetivo era fazer um objeto tridimensional a partir de um módulo repetido pelo menos 3 vezes.

Auto avaliação: Nem eu nem a Dani sabíamos fazer nada tridimensional. Tentamos fazer algumas coisas mais experimentais, mas todas ficaram horríveis e não soubemos que material usar, como colar, como fazer o objeto ficar em pé, etc. No fim acabamos improvisando um objeto usando copos descartáveis. Eu não me identifiquei com o projeto e não me interessou em nenhum momento e o resultado, na minha opinião, foi lamentável.