Quero ser desenvolvedor de software, e agora?

Quer dizer então que você quer programar?! Concretizar suas ideias usando apenas seu cérebro e um computador (e muito café) como matéria prima?

Ótima escolha!

Mas qual seria o melhor caminho para sair do básico “Hello World” e se tornar excelente na arte do desenvolvimento?

Nós da Touch Health temos mais de 15 anos de experiência no desenvolvimento de soluções de missão crítica para a área da saúde e contamos com uma equipe de desenvolvedores apaixonados por programação e tecnologia. Com base na nossa experiência, compilamos (sem trocadilhos) algumas dicas para tentar responder a essa pergunta!

  1. Construa uma boa fundação

Independente de qual linguagem ou framework está na moda, você precisa dominar o básico. Antes de mais nada, conheça as principais estruturas de dados, saiba o que é complexidade computacional e entenda quais são os paradigmas de programação que existem.

2. Entenda que as coisas sempre vão mudar

Grande parte das boas práticas e princípios de desenvolvimento de software foi pensada para resolver um único problema: seu software vai precisar mudar. Aprenda a projetar softwares que aceitam a mudança; para isso estude Orientação a Objetos, os princípios SOLID de programação, Design Patterns e evite criar funcionalidades desnecessárias no seu software.

3. Entenda o problema que está resolvendo

Softwares são feitos para resolver algum problema do mundo real. Antes de começar a escrever código, entenda bem o problema que você está resolvendo. Pergunte-se por que você precisa fazer aquele código e se possível converse com seus usuários e clientes para entender exatamente o que eles precisam. O melhor código é aquele que não precisa ser escrito!

4. Não programe por acidente

Se seu código funciona mas você não sabe muito bem o porquê, você pode estar caindo numa armadilha. Entenda o que as linhas do seu programa estão fazendo, bem como eventuais bibliotecas ou frameworks de terceiros.

5. Não pare de aprender

Você está entrando em um universo que está evoluindo com uma velocidade impressionante. Procure se atualizar com as novidades através de blogs e sites de desenvolvimento (como este!), mas não deixe se levar por modismos! Lembre-se sempre dos fundamentos e entenda que não existe bala de prata!

6. Pratique, pratique, pratique

Como qualquer outro ofício, a excelência se alcança com a prática! Arrisque com pequenos projetos pessoais e aproveite para estagiar em uma boa empresa de desenvolvimento de software, que possua uma cultura de inovação e aprendizado contínuo e, acima de tudo, tenha ótimos desenvolvedores. Tipo… a Touch Health!

Gostou? Não se esqueça de Recomendar e Compartilhar!