Os 5 melhores jogos de sobrevivência

Olá amigos! Voltando ao blog com o primeiro post depois de algum tempo, venho aqui neste post com a minha lista dos cinco melhores jogos de sobrevivência. Vamos lá:

1

Talvez o jogo mais difícil dessa lista, ele se baseia em muitos conceitos de sobrevivência básicos, que deixa ele um pouco mais complexo. The Long Dark possui muitas opções a explorar para construir e interagir com objetos, além disso ele tem um sistema que simula calorias do corpo humano e outras necessidades básicas à nossa sobrevivência, um dos mais completos de jogos desse tipo. Um dos diferencias do jogo é o seu gráfico, desenhado como se fosse em 2D, um cel-shading, como nos jogos da série The Walking Dead da Telltale Games. O jogo se passa no Canadá, então espere muita neve e noites quase impossíveis de sobreviver ao frio.

2

Rust com certeza é um dos melhores jogos de sobrevivência até hoje, ele começou a fazer sucesso há alguns anos atrás por conta de ser um dos poucos do gênero a ter multijogadores e com várias possibilidades de opções para o jogador; ele era bem diferente do que é hoje, posso citar aqui o gráfico do jogo, que mudou quase 100%, nas primeiras versões do jogo tínhamos também zumbis, que, ao passar do tempo, a visão do desenvolvedor mudou e ele tirou os queridos comedores de cérebros, com a justificativa de que Rust não é um jogo de zumbis, não era esse o foco, pois já existiam muitos jogos desse gênero, verdade.

O jogo melhorou muito após ser refeito quase que por completo. A construção de bases é um dos fortes do jogo, que conta com uma sólida base de jogadores que cresce a cada dia.

3

É um jogo de sobrevivência de apenas um jogador, ele se parece bastante com The Forest, um jogo que eu vou falar sobre ainda nesse texto, e se baseia em várias ilhas diferentes para o jogador explorar com o bote (que você mesmo pode construir) e conta com muitas opções de crafting para explorar.

Ele possui um ciclo de dia/noite, é possível caçar animais, essencial para sobreviver, basta conseguir recursos e construir as armas. O gráfico do jogo merece destaque e com certeza irá garantir horas de diversão para quem é fã do gênero, ele não é um jogo fácil de jogar.

4

Miscreated se tornou um dos meus jogos favoritos, o jogo é bastante subestimado e ninguém o dá a devida atenção. O mais interessante do jogo é a ambientação dele, que lembra muito The Last of Us. Por ser feito na Cry Engine 3(aquele motor gráfico de Crysis) o jogo é muito bonito mesmo, a imersão dele ao mundo pós-apocalíptico é de deixar a boca aberta e te fazer parar por alguns segundos e admirar aquele belo mundo. O jogo possui NPC’s, são mutantes que se transformaram por causa da radiação (é bom ficar esperto).

Ele possui um multiplayer e conta com vários servidores ao redor do mundo que suportam até 36 jogadores (os desenvolvedores disseram por meio de FAQ que querem aumentar esse número no futuro). Ele pode ser jogando em primeira e terceira pessoa, também possui automóveis e sistemas de construção de bases. O jogo é atualizado constantemente e sempre é adicionado um recurso novo, os desenvolvedores escutam a comunidade e se empenham no jogo. Give it a chance.

5

Como dito antes, Stranded Deep se inspirou muito em The Forest, os gráficos são parecidos, e muito bonito. O jogo se passa em uma ilha, onde o avião do personagem cai, e tem de sobreviver nela, enfrentando nativos e construindo casas para manter-se seguro, é bom construir armas também para se defender dos índios que possam querer cortar a sua cabeça.

Essa foi a minha lista com os jogos que eu acho que valem a pena nesse momento, e que, apesar de estarem todos em early acess, sempre são atualizados, fazendo assim que você não invista em um jogo largado e sem conteúdo.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.