TUDO QUE SOBE, DESCE. É HORA DE VENDER AÇÕES?

A bolsa brasileira subiu muito nos últimos meses, vem atraindo mais atenção no noticiário, muito já se ouve que é a hora de comprar e que os lucros daqui para a frente vão ser estratosféricos. Esse tipo de comportamento do mercado normalmente indica: sim, é hora de vender.

Por vezes aceitamos comprar um maior risco, investindo em mercados como o de ações, porém, o que nos atrai é sempre uma grande promessa de ganho.

Essa aposta somente faz sentido quando a rentabilidade esperada supera em muito o risco assumido. Por exemplo, comprarmos o Índice Bovespa a 50 mil pontos na expectativa de que ele que vá até 80 mil pontos caso tudo der certo, caso tudo de errado ele caia somente até os 40 mil pontos. No atual momento, após mais de 60% de alta em um semestre, muitos analistas e gestores já estão atentos ao fato de que o espaço para mais altas pode ser pequeno e outros estão vendo espaço para uma correção, com a bolsa se desvalorizando em até 20%.

Um dos melhores gestores do Brasil concorda conosco nessa, como você pode ver aqui.

Gráfico semanal do Ibovespa desde 2012

Reparem acima no gráfico semanal do Ibovespa desde 2012. Bem à direita, temos a semana atual, percebam o quão próxima está dos maiores topos anteriores. Em todas as últimas tentativas de valorização, a bolsa brasileira atingiu a região dos 62 mil pontos e, em seguida, devolve a alta.

Quem estiver disposto a apostar na queda da bolsa, é possível entrar nessa de várias formas. Duas bastante simples: entrar vendido nos principais papeis de alta volatilidade da bolsa (PETR4, VALE5, BBAS3, etc) ou ainda vender diretamente o IBOV por meio de mercado de futuros.

Além do cenário brasileiro, no mercado externo também se abre uma janela de risco bastante importante. Em especial nos últimos 7 dias presenciamos uma crescente volatilidade e desconfiança por parte dos investidores globais. Esse alerta reforça a ideia de que podemos estar passando por um momento de cautela justamente depois que um grande valorização do mercado do país, e precisamos manter ainda mais atenção já que vários ativos de risco no Brasil estão com alta entre 30% a 60% no ano.

Deixamos aqui mais duas matérias:

Bloomberg — expectativa de aumento de juros nos EUA

Valor — FED pode estar preparando terreno para uma alta de juros


Curtiu o texto? Clique no ❤ e deixe a gente saber disso.

Tem algum comentário ou pergunta? Escreva uma resposta ou deixe um comentário.

Siga-nos por aqui no Medium, estamos sempre com novos conteúdos e assine nossa newsletter aqui.

Onde mais estamos:

Youtube — Nosso site — Facebook

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.