#157 — Cada um tem a visão que lhe conforta

Ele segurou minha mão enquanto corríamos para o topo daquele morro. Ele queria chegar para ver o sol se pôr. Fiquei em dúvidas se era seguro estar lá quando escurecesse.

Ele deitou na grama para ter certeza que o céu estava sobre nós. Eu apenas conseguia olhar para ele, ali, perdido procurando desenho nas nuvens. Cada um tem a visão que lhe conforta.

Achei que não fosse gostar de alguém tão cedo. Achei que seria passageiro. Ele veio para tirar todas as minhas certezas. Ou para provar que eu nunca tive nenhuma.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.