Como saber o que vale a pena ser medido em um produto digital?

Tom Comunicação
Jul 5 · 2 min read

Por: Diogo Mota, designer UX/UI da Tom

No mês passado, a equipe de produtos da Tom compareceu ao Workshop H.E.A.R.T. de Métricas de Experiência de Usabilidade oferecido pela IxDABH e ministrado pela product designer Bani Torrico. Por lá aprendemos como aplicar a metodologia H.E.A.R.T. para medir a experiência do usuário em larga escala, mapeando as metas de produtos para métricas.

Criado pelo time de pesquisa do Google, o framework — acrônimo H.E.A.R.T.: Happiness (Felicidade), Engagement (Engajamento), Adoption (Adoção), Retention (Retenção) e Task success (Sucessos das tarefas) — ajuda as equipes de produto a tomar decisões orientadas a dados e centradas no usuário.

Happiness — Felicidade é uma medida da satisfação do usuário do produto. Para medir satisfação, você deve usar algum tipo de pesquisa de usuários, como por exemplo: NPS (Net Promoter Score), CSAT (Customer Satisfaction Score) e CES (Customer Effort Score).

Engagement — Engajamento é uma medida de quanto um usuário usa seu produto. Métricas de engajamento medem a interação que um usuário tem com o produto, bem como a regularidade e a intensidade do uso: Bounce Rate, DAU/WAU/MAU, Session length, Session interval, Pages/Session, Screenflow, Power Users.

Adoption — Adoção é a medida da quantidade de novos usuários em um determinado período de tempo. Métricas de adoção demonstram o sucesso ou o fracasso do seu produto em atrair novos usuários: Adoption rate (número de novos usuários/total de usuários), Time-to-first (key action), Percentage of users who (performed key action) for the first time.

Retenção — Retenção é a medida da capacidade do seu produto em manter seus usuários ao longo do tempo. Métricas de retenção demonstram o comportamento dos seus usuários existentes dado às mudanças ou falta de mudança do produto: Churn (Customer Churn — Pessoas & Revenue Churn — Dinheiro), Growth (Upgrade rate), LTV (Lifetime Value).

Task Success — O Sucesso da Tarefa é uma medida da facilidade ou dificuldade do usuário realizar uma determinada tarefa no seu produto. Tempo médio gasto para um usuário fazer a tarefa X ou a percentagem de usuários conseguirem completar a tarefa Y são exemplos dessas métricas: Task success rate, Time-on-task, Lostness.

Tom Comunicação

Criatividade efetiva.

Tom Comunicação

Written by

Comunicação efetiva.

Tom Comunicação

Criatividade efetiva.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade