Artista da Vez #29 — Ali Güleç

É com enorme prazer que na entrevista de hoje trazemos um dos artistas de mais longa da Touts. O Artista da Vez de hoje é uma super estrela, com fama internacional e reconhecido por suas artes com estilo único. Suas obras traçam uma linha tênue entre o macabro, sombro e o absurdo inesperado. Tudo seguindo uma estética super especial e tem uma série inteira dedicada a caveiras. Diretamente de Istambul, na Turquia, para o blog da Touts…

Senhoras e senhores, com vocês: Ali Güleç

Ali em seu habitat natural com sua filha.

Conta pra gente um pouco sobre você. Como você preenche os campos “Sobre” das diversas plataforma que participa?

Eu sou um artista e ilustrador de Istambul. Tenho criado estampas para marcas internacionais de fast fashion, ilustrações para agências de propaganda, etc. Quando estou entediado dessas coisas comerciais, eu crio obras para o meu acervo pessoal. Hoje em dia tenho criado mais pra mim mesmo do que para projetos comerciais, por que é o que me faz mais feliz.

E o que você geralmente não conta?

Eu sempre quis ser um jogador profissional de futebol :)

Qual foi seu primeiro contato com arte e como ela foi ganhando mais espaço na sua vida?

Eu vivo desenhando e rabiscando as coisas desde que eu era muito pequeno. Eu não consigo lembrar de uma época onde eu não estivesse envolvido em criar alguma coisa. E isso acabou me encaminhando para estudar na faculdade de belas artes de Mimar Sinan, em Istambul.

Ali e sua mulher Burcu, vendendo produtos com sua arte em Istambul.

Eu vi alguns posts seus trabalhando com a sua família e eles parecem te apoiar muito na sua carreira como artista. Como você acha que eles influenciaram a se tornar um artista e você tenta de alguma passar isso para seus filhos?

Minha mãe pinta quadros maravilhosos como hobby, e com certeza isso teve grande influência nas minhas decisões. Minha família acreditava seria difícil de fazer a vida como artista e algumas vezes tentaram me direcionar para outro caminho quando eu era criança, mas eu sempre me via em um caminho artístico. Eu encorajo meus filhos a fazerem o que os faz mais feliz, e é muito legal ver que eles se envolvem com arte por livre e espontânea vontade.

Sua coleção “The Message” tem algumas de suas obras mais famosas. Pode nos contar um pouco mais sobre ela e qual acha que é a razão de tanto sucesso?

Caveiras sempre tem sido algo fascinante e inspirador para mim. Elas me lembram que nada dura para sempre e devemos apreciar os bons momentos e memórias de nossas vidas. Em meus trabalhos, muitas pessoas encontram suas próprias mensagens sobre a vida e isso realmente me motiva a criar mais.

Coleção “The Message” do Ali. Você encontra aqui na Touts.

Como é seu dia a dia e como você estimula seu processo criativo?

Eu passo a maior parte do tempo com a família. Meu estilo de vida e ter meu próprio negócio me permite isso e assim eu filtro todo o estresse da minha vida. Para manter o baú da inspiração sempre cheio eu tento frequentar exposições, acompanhar meus artistas favoritos e usar o recursos da internet. E sempre que alguma boa ideia aparece, eu já começo a trabalhar nela.

Quais são suas maiores referência e onde busca por elas?

Minhas memórias, a natureza e a cidade onde eu vivo são a maioria das minhas referências. Eu também aproveito muita coisa que está online.

Pode contar mais pra gente sobre seu estudio de design, o Ikiiki Studio?

Na ikiiki Studio eu crio obras somente para projetos comerciais. Somos cheios de ideias e recursos para a indústria da moda na maioria das vezes, e é onde passo grande parte do meu tempo. Hoje temos clientes de todo o mundo, o que é uma vantagem para podermos ver e acompanhar tendências globais.

Como você acha que plataformas como a Touts te ajudaram na sua carreira como artista?

Poder vender sua arte é incrível. Somos um grupo de pessoas muito sortudos como artistas por conseguirmos continuar fazendo o que nos deixa feliz e ainda ganhar dinheiro ao mesmo tempo. É sempre importante trabalhar com plataformas sérias como a Touts, por que se você começar a desconfiar se está realmente recebendo seus royalties ou se estão plagiando seus trabalhos fica muito difícil de continuar trabalhando e se manter motivado.

Quais dicas e conselhos você daria a si mesmo no passado?

Bem, dizer para mim que eu estava no caminho correto poderia ser aliviante durante algumas fases da vida. Além disso, acho que preferia não interferir no passado, por que estou muito feliz onde estou e fico ansioso com todas as coisas que ainda vou ver, alcançar e viver no futuro.

Algumas das diversas vezes que sua arte virou tatuagem por aí.

Quais são os próximos passos e o que vem pela frente?

2019 será um ano onde criarei mais e também espero fazer uma exposição solo. Deve ser em Istambul ou em algum outro lugar na Europa, ainda não sei.

Você tem algum recado para mandar para o pessoal no Brasil que curte seu trabalho?

Eu fico muito feliz que meus trabalhos são apreciados no Brasil! Sei que vocês tem um gosto muito único e uma cabeça aberta para artes, e eu me sinto muito abençoado por poder ter acesso a esse público. Espero visitar o Brazil no futuro e tenho certeza que será uma viagem repleta de inspiração.

Pra fechar, um bate-bola jogo rápido:

Uma pessoa incrível — Minha esposa :)
Uma música — Ceza — Panorama Harem
Uma comida — Döner (uma comida turca deliciosa que estou querendo muito agora)
Um lugar — O topo de uma montanha muito isolada, não sei onde, mas sei que queria estar lá agora.
Felicidade é — ser amado
Ali por Ali em uma frase — Seja sempre diferente

Essa foi nosso papo com o incrível Ali Gulec, um dos mais de 4.000 criadores da comunidade da Touts. Para conhecer mais sobre suas artes e outros produtos com as estampas dele, não deixe de visitar a página do Ali na Touts.

Para ler entrevistas com outros artistas incríveis de nossa comunidade, dá uma conferida no nosso blog que tá recheado de histórias incríveis.

Abraço de urso,