Aline Bastos
Feb 22, 2018 · 9 min read
University of the People

Como eu descobri a University of the People

Eu sempre quis cursar Ciência da Computação, e aqui em Porto Alegre tem um dos melhores cursos, mas eu nunca me senti capaz o suficiente. Além de não me sentir capaz, eu ainda sofria de crises de ansiedade e pânico, o que me fazia desistir de tudo o que eu começava: faculdade, cursos, empregos.

Depois engravidei e tive a Gio, a filha mais maravilhosa do mundo, mas isso dificultou ainda mais a realização do meu sonho, pois eu precisava trabalhar o dia todo.

Desisti. Não ia ser nessa vida. Me conformei.

Em maio do ano passado (2017), em um grupo do Facebook, eu descobri que existia a University of the People. Não tem como descrever aquele momento. Quando eu cliquei naquele link e entrei naquele site a minha vida mudou! Depois que eu li tudo pra ter certeza de que eu poderia cursar aquela faculdade eu comecei a chorar! Eu não acreditava que eu ia, finalmente, realizar um sonho do qual eu já havia desistido!

Mas o que é a UoPeople?

A University of the People, conhecida carinhosamente por UoPeople, é uma universidade internacional, 100% online e de baixo custo. Pode ser cursada de qualquer lugar do mundo.

Tem o mesmo processo das outras universidades: o aluno faz a inscrição, paga a inscrição, aguarda ser aceito, quando é aceito faz a confirmação da inscrição na universidade, tem o processo de matrícula na(s) disciplinas(s), prazos, avaliações, notas, exame final, envio dos documentos para a universidade, etc.

No website da universidade tem todas as informações sobre ela, disciplinas, valores, datas, prazos, etc.

Quem tiver interesse na universidade recomendo entrar no site e ler tudo. No catálogo da universidade tem todas as informações.

Mas, como sou legal, vou responder aqui as perguntas mais comuns que me fazem quando querem saber sobre a universidade.

Quantas disciplinas eu posso fazer por semestre?

A UoPeople não funciona por semestre, e sim por term. Cada term na universidade dura 9 semanas, aproximadamente 2 meses. Das 9 semanas, são 8 semanas para o conteúdo e as atividades — com prazos semanais — e a nona semana é reservada para o exame final. São 5 terms por ano.

Como os terms são mais enxutos que um semestre normal, o ideal para se cursar por term, de acordo com a universidade, são duas disciplinas.

A quantidade de disciplinas permitidas também vai depender da tua nota acumulada atual, se a nota acumulada nas últimas disciplinas for muito baixa não vão permitir a tua matrícula em mais de uma disciplina, mas se a nota for alta, vão te permitir a matrícula em até 3 disciplinas por term.

Como são as aulas e como são feitas as avaliações?

Cada disciplina tem 8 semanas de conteúdo, ou seja, 8 unidades. Cada semana fica disponível a unidade correspondente com as leituras da unidade e as atividades dessa unidade. Cada unidade começa na quinta-feira e termina na quarta da semana seguinte. Todas as atividades tem prazo de entrega naquela semana! Se perder o prazo fica sem nota naquela atividade.

As matérias são geralmente em texto, para facilitar para quem não tem uma boa internet ou quem acessa pelo celular.

Tem vários tipos de atividades durante a unidade, em algumas delas os alunos que avaliam as atividades uns dos outros, mas sempre com a supervisão do(a) instrutor(a) da disciplina.

Cada disciplina tem as suas atividades com seus pesos correspondentes. Quando o aluno tiver acesso ao moodle vai ter acesso também ao programa de cada disciplina, contendo todo o conteúdo, o conteúdo de cada unidade, as atividades e seus respectivos pesos, como também a média daquela disciplina.

É importante reservar tempo na semana para fazer as leituras e as atividades com calma, pois o curso é bem puxado, e é bom não deixar para a última hora, para evitar não conseguir terminar nos prazos certos.

Quanto é a mensalidade?

Não tem mensalidade. A universidade tenta se manter com doações e com voluntários pra poder se manter a baixo custo. A única cobrança é pelo exame final de cada disciplina, que custa 100 dólares cada.

Se for feita uma disciplina por term, o gasto será de 100 dólares a cada 2 meses, aproximadamente.

Quanto eu vou gastar durante o curso?

O associate é composto por 20 disciplinas (entre obrigatórias e eletivas), podendo ser cursado em até 25 terms, então o custo total dele será de 2000 dólares.

O bachelor é composto de 40 disciplinas (entre obrigatórias e eletivas), podendo ser cursado em até 50 terms, então o valor total dele será de 4000 dólares.

Eu preciso ser fluente em inglês?

Não é necessário ser fluente, mas tem que ter um mínimo de conhecimento do idioma para conseguir ler e escrever em inglês, mesmo que no começo seja com ajuda de fontes externas, como Google Translate, Grammarly, etc.

Se o aluno não tiver certificado IELTS ou TOEFL, automaticamente irá fazer a disciplina English Composition I, para o nivelamento do idioma. Ela é pré-requisito para ser efetivamente matriculado na universidade.

Essa disciplina é muito boa, nos força a ler e escrever bastante. Eu estou lendo e escrevendo em inglês com mais naturalidade depois dela, e cada vez eu preciso menos de ajuda de fontes externas.

O que é esse tal de proctor?

Proctor nada mais é do que uma pessoa que vai acompanhar o aluno durante a realização de uma prova para comprovar que ela foi feita sem o uso de qualquer tipo de ajuda.

O proctor é necessário em algumas disciplinas da faculdade, não em todas.

Tem a opção de proctor online e proctor offline.

Proctor online é por meio de um website, onde o aluno faz seu cadastro e agenda um horário para uma pessoa acessar seu computador e sua webcam no momento da prova.

Proctor offline é uma pessoa que vai acompanhar o aluno fisicamente no momento da prova, não podendo ser familiar, nem qualquer pessoa que possa ter algum ganho com o resultado dessa prova.

Fiz um resumo do resumo acima, pra saber com mais detalhes sobre o exame com proctor segue um link da própria UoPeople explicando bem sobre isso.

O curso é reconhecido no Brasil?

Bom, vou usar as respostas ótimas que um colega de faculdade e de profissão, o Alfredo Silva, deu para algumas pessoas que estavam com essa e outras dúvidas:

1) Reconhecer o diploma é só se você for fazer Pós ou Mestrado ou MBA no Brasil. Senão, não tem utilidade. Nenhuma empresa vai questionar isso. Nunca vi.

2) O diploma tem seu valor, mas o conhecimento e a experiência tem muito mais. Já trabalhei com muitos colegas sem diploma, mas que eram fera no que faziam. É isso que as empresas procuram.

3) Nunca vi isso de as empresas olharem as notas. Se falarem isso pra mim no RH eu vou rir na cara. Como disse, seu conhecimentos obtidos com a graduação e os cursos é o que realmente conta. Eu já contratei muitos sem diploma e ja demiti outros com MBA.

4) O withdraw* conta no tempo que você tem pra se formar. No curso de CS Bacharelado sao 40 disciplinas. Vc pode fazer em no máximo 50 terms. O withdraw* conta como termo estudado.

*Saiba tudo sobre o drop e o withdraw no catálogo da UoPeople.

Como é o processo de ingresso na universidade?

A inscrição na universidade pode ser feita a qualquer momento, mas é sempre bom acompanhar o calendário de admissões, pra não perder o prazo para iniciar no term seguinte.

Vou enumerar os principais passos:

  • Inscrições: Neste link tem a explicação do processo de inscrição que consiste em preencher o formulário com seus dados e pagar a taxa de inscrição, que no momento deste post é 60 dólares. Nesse momento o aluno tem que marcar se já tem alguma comprovação de proficiência em inglês, neste link tem as possíveis formas de fazer essa comprovação.
  • Aceitação na UoPeople: Depois da inscrição vem uma parte complicada, aguentar a ansiedade até ter alguma resposta da universidade! Demora um pouquinho, às vezes demora um poucão, mas a resposta positiva vem!
  • Confirmação: Em algum momento, antes de não ter mais unhas para roer, ou cabelos para arrancar, chega o e-mail avisando que o aluno foi aceito na universidade, com um link para clicar e confirmar a entrada na UoPeople!
  • Bolsa de estudo: Existe a possibilidade de conseguir bolsa de estudo para financiar parte do valor dos exames. No momento da confirmação de entrada na universidade vai ter uma opção para clicar caso o aluno não tenha condições financeiras de arcar com os custos dos exames. Nesse momento, eu peço que cada um faça um exame de consciência, e veja se não tem mesmo como arcar com esse custo, pois existem pessoas no mundo inteiro querendo fazer um curso superior e, muitas vezes, em uma situação muito pior que a sua (refugiados(as), mulheres em situação de violência doméstica, pessoas em situação de rua, entre muitos outros), que vão estar concorrendo por essa mesma bolsa.
  • Início das aulas: Depois da inscrição, aceitação e confirmação é só aguardar o início das aulas. Para o primeiro term a universidade que faz a matrícula do aluno na(s) disciplina(a).
    Quem não comprovou o domínio do inglês vai cursar English Composition I, que é um pré-requisito para ser matriculado efetivamente na universidade.
    Quem comprovou a proficiência no inglês vai partir direto para duas disciplinas de base da universidade, também matriculadas automaticamente pela universidade.
  • Envio dos documentos: Quando o aluno é matriculado nessas duas disciplinas de base já é o momento de começar a tradução do certificado/histórico do ensino médio para enviar para a universidade.
    Os documentos tem que ter tradução juramentada e podem ser enviados (original e tradução) por e-mail para a universidade.
    Maiores informações sobre o envio dos documentos neste link.

Lembrando que em qualquer uma dessas fases a universidade vai enviar e-mails lembrando de prazos ou avisos, e qualquer dúvida extra o aluno pode responder esses e-mails perguntando. Eles às vezes demoram pra responder, pois são todos voluntários, mas eles sempre respondem.

Meus primeiros 5 meses de faculdade

Resumo dos resumos: Estou feliz e realizada!

Agora vamos aos fatos.

Primeiro term

No meu primeiro term eu fiz a disciplina obrigatória English Composition I. Li muitos textos, escrevi muito, aprendi a fazer essays, aprendi a colocar citações e referências nos meus textos, e cada vez menos eu precisava usar o Grammarly para me ajudar.

No exame final eu estava extremamente nervosa, não tanto pelo conteúdo da prova, mas porque a prova era com proctor online, me cuidando o tempo todo, e eu estava com medo que a minha filha e meu pai, que eu havia mandado passear, voltassem e entrassem aqui no meu quarto. Fiquei nervosa do começo ao final da prova.

Mesmo assim, não achei a prova difícil. Dizem que a prova não tem nada a ver com o conteúdo da disciplina, mas pra mim tem. A disciplina tem muita leitura, muita escrita, o que nos faz praticar muito a gramática, por consequência. A prova é praticamente só gramática. Então, pra mim, tem tudo a ver uma coisa com a outra.

Segundo term

No segundo term, depois de passar no exame final de inglês, o aluno é matriculado em duas disciplinas pela universidade, eu fui matriculada em: Online Education Strategies e Globalization. Eu achei que não iria conseguir levar as duas disciplinas com boas notas e, como Online Education Strategies é uma disciplina obrigatória e pré-requisito pra todas as outras, eu cancelei Globalization.

Nota: Para cancelar uma disciplina sem aparecer como desistência no histórico o cancelamento deve ser feito até a primeira semana do term.

Online Education Strategies é uma disciplina bem interessante, te deixa por dentro de todos os processos do ensino da universidade, te dá muitas dicas de aprendizagem e tem muita prática de leitura e escrita. É mais uma disciplina que, sabendo aproveitar, dá pra tirar coisas muito boas dela.

Terceiro term

Recém comecei o terceiro term. A partir do terceiro term o aluno já pode fazer a sua própria matrícula. Eu me matriculei na primeira disciplina de Computer Science: Programming Fundamentals, uma disciplina introdutória usando Python!

O aluno não chega programando, tem muita teoria e muita história antes disso, o que eu acho ótimo!

Recém estou na terceira semana desse term e já aprendi muito! E, claro, sigo escrevendo bastante!


Não recomendo essa faculdade para quem não gosta de escrever, de ler, de pesquisar e de raciocinar. Lá temos que usar muito a lógica, a argumentação, a pesquisa, aprender a estruturar bem um texto, a fazer citações corretamente, e vamos usar isso durante o curso todo.

Temos também que saber ler e interpretar os textos dos colegas, temos que saber responder e avaliar sem julgamentos pessoais, mas sim avaliando o texto, o argumento, a estrutura, e respondendo corretamente, da mesma forma.

Recomendo, antes de tudo, ler as informações no website da universidade, baixar o catálogo e ler. Tem tudo lá. Aqui eu resumi algumas informações, mas recomendo começar a praticar a leitura em inglês procurando pelas informações no catálogo.

A UoPeople tem um blog também com vários artigos bem interessantes para quem está entrando ou querendo entrar na universidade. Recomendo a leitura!

Se você não tem o costume de ler e escrever, mas tem vontade de começar: vai fundo! É um aprendizado que você vai levar pra vida toda!

Training Center

Conectamos pessoas que querem aprender algo relacionado a desenvolvimento de software com gente que pode guiá-las.

Aline Bastos

Written by

Front-End Developer, CS Student (Computer Science, not Counter Strike), Feminist, Mother and Crazy Cat Lady.

Training Center

Conectamos pessoas que querem aprender algo relacionado a desenvolvimento de software com gente que pode guiá-las.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade