Planejamento de rotas: aprenda a aproveitar melhor o tempo de entregas e reduzir gastos de quilometragem

Um dos aspectos chave para o sucesso de uma operação é a habilidade de se adaptar rapidamente e de forma eficiente às constantes mudanças na cadeia logística. A demanda para otimização de entregas é cada vez maior e, nesse contexto, o planejamento de rotas está diretamente ligado ao nível de eficiência do seu negócio.

Ao trabalhar com o transporte de cargas, você tem prazos de entrega estabelecidos e cumpri-los garante um bom relacionamento com seus clientes. Por isso, o papel do gestor é decidir quais soluções trarão mais benefícios à operação. Você precisará determinar os caminhos mais curtos, mais rápidos e mais eficientes em relação ao custo.

Vários fatores devem ser considerados ao preparar uma rota de entregas eficiente. Entre eles estão o intervalo entre carregamento e descarregamento de produtos, o peso da carga transportada, o tipo de transporte e sua capacidade, a quantidade de pontos de entrega e suas localizações, além das pausas nas atividades dos seus condutores.

Em alguns casos, ao planejar manualmente as rotas de entrega dos motoristas, você está sujeito a falhas que prejudicam a eficiência e aumentam os custos da operação como um todo, o que pode impactar na satisfação do seu cliente. Então como tomar as decisões certas?

Delegue essa função para quem entende! Considere um sistema de rotas

O uso de novas tecnologias no fluxo das operações de entrega é um diferencial para o seu negócio. Automatizar esse processo garantirá maior eficiência, além de reduzir o tempo de planejamento das rotas e os custos de quilometragem percorrida.

Softwares de planejamento de rotas trazem vantagens não só para a sua empresa, como também para o seu cliente. Você passa mais confiança e credibilidade nas suas transações, como a previsão do tempo de entrega, respostas rápidas a demandas especiais, maior transparência, facilidade no treinamento de colaboradores e dados confiáveis para tomada de decisões.

Além disso, as vias que seus condutores percorrem podem sofrer mudanças constantes e é comum que hajam desvios no caminho. Os sistemas de planejamento possibilitam a construção dinâmica das melhores rotas, o que pode ajudá-lo a moldar estratégias para diminuir erros.

Ao planejar os itinerários, considerando critérios como as distâncias percorridas, o tipo de veículo, janelas de atendimento esperadas e a disponibilidade do cliente, o planejamento automático facilita a criação de percursos, otimizando o tempo de deslocamento dos seus condutores.

Gestores de logística lidam com cronogramas de entrega variados, onde as rotas e o volume de carga mudam constantemente. Por isso, o planejamento de rotas aliado ao acompanhamento em tempo real são ferramentas fundamentais para otimizar a produtividade. Com as rotas sendo constantemente atualizadas, fica mais fácil cumprir horários e evitar dispersões.

O que procurar em um sistema do gênero?

Fique atento na hora de escolher a melhor solução para o seu negócio. Você deve levar em consideração as suas necessidades e restrições (como o rodízio de placas e a circulação em vias restritas), além dos problemas que você pretende resolver no fluxo das suas operações.

Uma boa solução deve ser capaz de se adaptar a cada um dos processos da sua empresa, permitindo a utilização de parâmetros personalizados e configurações específicas que se adaptem a sua operação e estejam de acordo com o modelo de sua organização. Assim você será capaz de planejar suas entregas de forma rápida, buscando menor distância, tempo e custo, e também possibilita a melhor ocupação de sua frota.

O ideal é que você procure soluções com implantação simples e que exijam o mínimo de esforço para gerenciar a cadeia logística. Adotar esse tipo de tecnologia pode ser um grande diferencial competitivo para ampliar o espaço do seu negócio no mercado.