Como realmente entender o usuário

5 dicas para obter mais empatia ao construir e melhorar experiência em produtos digitais.

Você lembra quando criança que seus pais lhe diziam: “não faça com os outros o que você não gostaria que fizesse com você”. Pois bem, isso é a empatia, se colocar no lugar do próximo, de acordo com seus âmbitos, valores e crenças.

A empatia leva as pessoas a ajudarem umas às outras. Está intimamente ligada ao altruísmo — amor e interesse pelo próximo — e à capacidade de ajudar. Quando um indivíduo consegue sentir a dor ou o sofrimento do outro ao se colocar no seu lugar, desperta a vontade de ajudar e de agir seguindo princípios morais.

Isso não é uma técnica, é um sentimento que todo profissional atuante em ambientes digitais devem ter para entender como o usuário age no momento que está utilizando a sua aplicação.

Como obter mais empatia ao construir a melhor experiência em produtos digitais analisando o sentimento do usuário:

1. Eu sei o que você está sentindo

Compreenda qual é o sentimento que o usuário tem quando está usando a sua aplicação. Nesse momento ele estará concentrado, irritado, feliz, descontraído? Uma ótima ferramenta para perceber isso é a https://www.useloom.com. A interface é gravada e o usuário é filmado, assim temos na sua expressão seu sentimento.


2. Eu disse que era pra ser mais leve

Na construção da interface para a sua aplicação você seguiu a risca todas as informações do guia de estilos que define os padrões de design, mas vamos supor que esse manual não leva em consideração o sentimento do usuário e isso impacta diretamente na percepção que o usuário tem.


3. Eu não imaginava que ele iria fazer isso

Sentimento identificado e aplicado ao guia de estilos mas você precisa também perceber qual será o comportamento que o usuários fará. Pra isso, realizar testes em diferentes cenários é muito importante. Você pode realizar esses testes com o usuário fazendo o teste A/B, sem dúvida vai se surpreender.


4. Como eu podia pensar que esse erro iria ocorrer?

O feedback é tão importante que o Google prevê o erro antes mesmo de você cometê-lo ao colocar a mensagem “desfazer” em uma ação dentro do Gmail (você pode ter esquecido de adicionar uma pessoa em cópia ou mesmo esquecer de adicionar o anexo). Antes que o usuário veja uma mensagem de feedback de erro, você prevê e diz a ele o que possivelmente irá acontecer, assim ele retrocede antes de realizar a ação.


5. Eu não vivo sem você!

Conecte as pessoas. Estudos mostram que pessoas conectadas assumem as mesmas metas, motivações e emoções. Para isso, leve sentimento de conexão com seu usuário, faça com que ele se sinta parte do seu negócio.


👍

Antes de usuário somos pessoas e temos sentimentos , desde o dia em que nascemos até o dia em que morreremos. O sentimento, seja ele qual for é uma das melhores sensações que temos e nos ajuda, mas também pode nos atrapalhar. Atribua bons sentimos para os usuários e eles irão utilizar a sua aplicação digital com mais tranquilidade e sabedoria, possivelmente vão indicar a alguma outra pessoa.

Hey, você precisa entender de pessoas.

Saber qual é a reação dela em relação à sua aplicação e como ela se sente com o tipo de serviço/produto que você oferece, a linguagem dita, as cores e formas do seu negócio e qual é o impacto disso nas pessoas. Preze por facilitar e descomplicar, assim seu usuário terá bons sentimentos enquanto usa a sua aplicação, mesmo se estiver de mal humor 😉.