Dia 86: Encare como trabalho

Escrever para o Um Dia na Vida é para mim hoje quase como um trabalho. Porém, apesar disso, vou ser breve porque já passa da meia-noite e eu preciso estar acordado daqui quatro horas.

Acabei de escrever um texto para a TRENDR. É minha segunda publicação e mesmo estando morto depois de mais de dez horas de trabalho alocado no outro lado de São Paulo, eu senti a responsabilidade de entregar o texto bater na minha porta.

Se eu adquiri algo com esses posts diários, isso foi a habilidade de insistir mesmo quando parece que não é possível. Há dias que eu simplesmente quero deixar uma nota de que não foi possível escrever, mas sempre que penso em fazer isso, acabo desenvolvendo algo que resulta num texto.

Me responsabilizar pela entrega dos textos de todos os blogs que faço parte e pela minha comunicação diária com vocês é algo que considero bom. Talvez eu tenha adquirido isso após começar a encarar isso tudo como um trabalho (no melhor dos sentidos, claro).

Não bato ponto. Publico na hora que consigo.

Não recebo por isso. Mas faço de peito aberto.

Encaro como um trabalho porque quero me levar a sério. Quero me responsabilizar por cada palavra escrita aqui. E a melhor forma de fazer isso, é arranjar uma desculpa para me sentir culpado caso algum dia eu me abstenha por algum motivo idiota.


Até amanhã.

Like what you read? Give Danilo Santana Silva a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.