falei aqui no blog o que é lúpulo e para que serve a levedura na fabricação de cervejas. Como um bom Fad Karl, você sabe que para fazer uma cerveja de verdade é preciso quatro ingredientes básicos: água, lúpulo, levedura e o malte. Mas o que é malte? Ele que é tão falado em rótulos e propagandas de cerveja na TV?

O que é malte?

O malte não é um produto que já nasce pronto. Antes de ser malte, o grão é um cereal normal como a cevada, o centeio, o trigo, o milho, entre outros. Depois de colhido, esse grão segue para a maltaria onde acontece o processo de análise e testes.

Passado nos testes, os grãos ficam em um ambiente com umidade e temperatura controladas. Depois que os grãos brotam, o processo é interrompido e assim os maltes são secados, torrados ou defumados como é o caso da cerveja com sabor de bacon que já falamos neste post.

o que é malte?

O malte é a alma da cerveja

A função do malte é fornecer nutrientes e açúcares que funcionarão como alimento ao fermento (as nossas amiguinhas, leveduras). A partir daí a mágica acontece. São produzidos o álcool e gás carbônico no famoso processo chamado fermentação.

O tipo de malte e a intensidade de torrefação determinam algumas características superimportantes nas cervejas como: a cor, o sabor e o aroma.

As cervejas claras com notas de cereais e pão são derivadas de maltes menos torrados. Já os mais torrados produzem cervejas mais escuras, com notas de café e caramelo.

Agora que você já sabe o que são os principais ingredientes de uma cerveja e seus tipos, nada mais digno que beber umazinha para comemorar. Cheers!