Brasileiro cria app que facilita processo de imigração na Irlanda

Um software para quem precisa lidar com a burocracia

O GNIB numa manhã de quarta-feira/Evelyn Chao

Uma das primeiras provações de qualquer intercambista ou imigrante na Irlanda é passar pelo Garda National Immigration Bureau, mais conhecido como GNIB. É lá que você apresenta seu pedido de permanência, e são os funcionários do GNIB que determinam se você fica ou não.



Antes de ser avaliado, porém, você precisa conseguir entrar no prédio. Até a segunda metade de 2016, isso só era possível passando a madrugada em fila do lado de fora esperando pelo momento em que um funcionário viria distribuir as senhas para os sortudos que conseguiriam vaga. Depois disso, o interessado passaria mais várias outras horas esperando para ser atendido, alguns até iam para a escola ou o trabalho e só voltavam mais tarde — na minha primeira vez, passei sete horas no GNIB.

O governo acabou com o problema das filas de rua quando introduziu, em setembro do ano passado, um sistema de agendamento online. Só que a fila não desapareceu, ela só foi transferida para o ambiente virtual, e isso gerou um novo problema: como a plataforma só faz agendamentos dentro de dez semanas, as senhas esgotam rapidamente. Dependendo de desistências e do ritmo de trabalho, o GNIB libera novas senhas todos os dias a partir das 14h30, então o interessado precisa entrar no site todos os dias, preencher o mesmo cadastro e ficar clicando no botão "enviar" até que apareça uma vaga (se aparecer).

Partiu de um brasileiro a ideia de simplificar essas coisas. Na última quinta-feira, 2, Ranieri Pieper usou o Facebook para divulgar o "GNIB — Ireland". Disponível apenas para Android, o aplicativo automatiza o processo de cadastramento e ainda fica procurando vaga para o usuário. Basta preencher os dados uma única vez e ativar o sistema de notificações; quando houver vaga, surge um alerta no celular.

Eu não conversei com Pieper sobre a iniciativa, mas ele comentou em seu post que havia desenvolvido o aplicativo para uso próprio: "Cheguei na Irlanda faz pouco tempo e passei pelo perrengue de agendar data para tirar o GNIB [card]", escreveu. "Como sei que muita gente passa por isso, resolvi disponibilizar o app na Google Play para quem quiser usar."

Respondendo a questionamentos de outros usuários, Pieper também informou que sua especialidade é o sistema operacional do Google, por isso não há muitas chances de o app ser lançado para iPhone. Mas já é alguma coisa, e talvez a ideia incentive o próprio governo a pensar numa solução parecida.