20 ilustrações com os efeitos de diferentes drogas

O designer gráfico Brian Pollett se rendeu a uma experiência um tanto quanto ousada (e perigosa): ele usou uma droga diferente por dia, durante vinte dias, para ver como seus efeitos agiam em suas ilustrações.

A ideia de Brian é “criar oportunidades para se educar”, seja sobre psicodélicos ou sobre arte.

“Imagine que o passado, o futuro e o tempo linear tenham acabado. Você pode apenas se concentrar na sua existência no presente. A ideia do amanhã é risível. Eu posso criar arte sem a preocupação de julgamento exterior, sem analisar exacerbadamente o meu processo e intuitivamente ter prazer em criar um trabalho mais honesto”, explicou o artista.

As ilustrações são belas e com técnicas realmente avançadas, como Brian as criou com a sua mente alterada é algo que nunca saberemos se é verdadeiro ou não. Mas, de qualquer forma, é uma maneira de visualizar como as drogas podem alterar o nosso inconsciente.

Dia 1 — Butylone ou Bk-MBDB

brian-pollett

Dia 2 — GHB, conhecido por “êxtase líquido” ou “líquido X”

brian-pollett1

Dia 3 — Codeína

brian-pollett2

Dia 4 — THC, composto químico da maconha

brian-pollett3

Dia 5 — Álcool

brian-pollett4

Dia 6 — Óxido nitroso, conhecido como “droga do riso”

brian-pollett5

Dia 7 — Cocaína

brian-pollett6

Dia 8 — Psilocibina, composto químico dos “cogumelos mágicos”

brian-pollett7

Dia 9–4-HO-MIPT

brian-pollett8

Dia 10 — Poppers

brian-pollett9

Dia 11 — Dimetiltriptamina ou DMT

brian-pollett10

Dia 12 — Éter

brian-pollett11

Dia 13–25I-NBOMe

brian-pollett12

Dia 14 — MXE ou metoxetamina

brian-pollett13

Dia 15 — MDMA, mais conhecida por ecstasy

brian-pollett14

Dia 16 — Anfetamina

brian-pollett15

Dia 17 — Mescalina

brian-pollett16

Dia 18 — Cetamina

brian-pollett17

Dia 19 — LSD

brian-pollett18

Dia 20 — Love

brian-pollett19

O Update or Die não incentiva o uso de drogas. Consulte as leis locais antes de se submeter a algo potencialmente ilegal.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Wagner Brenner’s story.