Logo Responsivo

logos responsivos 1

Como funciona esse tal de responsivo?
 
O designer Joe Harrison explicou a história da maneira mais prática — e divertida — possível.
 
Não é de hoje que ouvimos/lemos esse papo de conteúdo/layout responsivo. De alguns (muitos, já, vai) anos para cá, jornalistas, publicitários, designers e programadores têm se desdobrado para criar materiais adaptáveis aos mais diferentes tipos de plataformas. Afinal, quantas poucas pessoas será que ainda usam computador — sem contar no ambiente de trabalho?
 
Pois bem.

Enquanto os jornalistas pedem ajuda aos designers e programadores para adaptar seus conteúdos, os publicitários se veem obrigados a redesenhar logos existentes há um tempão e já bem conhecidos pelos consumidores para que a visualização de suas marcas não fique prejudicada em determinada plataforma.

Já falamos bastante disso por aqui e é uma preocupação verdadeira. 
 
Para quem ainda ficou confuso com essa história, o designer inglês Joe Harrison desenvolveu um projeto bem criativo: o “Responsive Logos”. 
 
Joe selecionou alguns logos e mostrou como seriam suas versões responsivas. A brincadeira é abrir a página em telas diferentes — computador, notebook, tablet, celular — e ver como eles vão sendo simplificados até chegar a sua maior versão. Alguns dos resultados mais legais são com o logo da Heineken, que é reduzido até virar só aquela estrelinha vermelha no fundo verde, e o da Coca-Cola, que vai de “Drink Coca-Cola” até chegar só em “Coke”.

logo responsivo 2

Veja o projeto completo aqui.
 
Brincadeiras à parte, o objetivo do projeto é mostrar como esse papo é importante. Uma vez que as marcas investem em suas diferentes versões de logo, da mais completa à mais simplificada, elas garantem que o consumidor as reconheça logo de cara, independente da plataforma que esteja usando.

logo responsivo 3

Fuçando no trabalho do Joe, dá para sacar que a estilo do trabalho dele é mesmo simplificar as coisas. Outro projeto bem bacana é o “Icons by Hour”, que apresenta um ícone diferente para representar cada hora do dia.
 
Qual é sua hora preferida?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.