Mesmos dados, charts diferentes. A manipulação por design

Dados, e números em geral, vêm sempre envoltos em uma aura de credibilidade porque afinal de contas são… dados. Não tem opinião, apenas a verdade nua e crua dos fatos. Dos dados.

Uma das mentiras mais perigosas do mundo. Números, apesar de sua natureza inquestionável, precisa e correta realmente não permitem opiniões. Mas interpretações, sim. O tempo todo. Dá para induzir à um monte de conclusões manipuláveis, só dando uma forçadinha na interpretação, como bem sabem as instituições financeiras, o comercio e os analytics de redes e sites por aí.

O design também tem Ponto de Vista

Quer um belo exemplo de como números e infográficos são perigosos?

Esse gráfico abaixo está emoldurado e pendurado em uma parede lá na Casa Branca. O Donald Trump tem o maior orgulho de sua acachapante vitória nas ultimas eleições presidenciais nos Estados Unidos. Em vermelho, os distritos republicanos. E em azul, os distritos democráticos.

E abaixo, um gráfico feito com exatamente os mesmos dados, mostrando os locais onde cada um ganhou ou perdeu, só que acrescentando um “pequeno” detalhe: o tamanho das populações.

Design tem poder. E com grande poder… nah, nem sempre.

Like what you read? Give Wagner Brenner a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.