Qual a última História em Quadrinhos que te emocionou de verdade?

Dias atrás fiz uma rápida enquete em meu perfil de Facebook: “Qual a última HQ que você leu que te emocionou de verdade?”

As respostas estão aqui. O post não pretende se aprofundar em cada título, mas sim ser um guia visual de dicas interessantes. Se te interessa, anota no moleskine para a próxima visita a sua comic shop de preferência (é, também, uma bela lista de presentes). Tive o prazer de ler a maioria — a galera caprichou — e ainda acrescentei algumas.

Colaboraram neste post: Xixo Maurício, Nano Fragonese, Thomaz R. Gonçalves, Will Diniz Jr., Duxo Durazzo, Giuliano Laruccia, Guilherme Giglio, Pri Muniz, Felipe Gomes, Danilo Ribeiro, Jimmy Duarte, Rafael Casanova, Marcia Alvaredo, Lino Bocchini, Gabriel Villa, Teko Araujo, Victor Barbieri, Fabio Lody, Bruno Regalo, Ana Paula Cruz, Jaum Godoy Rocha, Maisa Delgado, Tatiana Giglio, Bruno D’Angelo, Carolina Negrão, Paula Saldanha, Luciana Stellfeld, Naty Andersson, Ricardo Moreno, Juliana Correia, Junior Del Campo, Nathália Escudero, Phydia de Athayde, Eduardo Araújo, Nara Lacerda, Emerson Mexx, Alan Kuhar, Tati Chu, Marcio Sanches, Rafael Sena, Leonardo Franco, Pablo Miyazawa e Daniel Sollero. Um muito obrigado a todos vocês.

Deixe nos comentários as HQs que te emocionaram.

HISTÓRIA EM QUADRINHOS:

Batman Asilo Arkham

Batman: Morte da Família

Batman a Queda do Morcego

Astonishing X-Men (Joss Whedon)

This One Summer

Sandman — Estação das Brumas

Umbigo Sem Fundo

Watchmen

Retalhos

Daytripper

Daredevil — Guardian Devil

Saga

Maus

Persépolis

Lex Luthor

Memória de Elefante

Batman — O Cavaleiro das Trevas

Daredevil (Bendis)

Aurora

Demolidor — A Queda de Murdock

Três Sombras

Nimona

Transubstanciação

Bidu

Blue Pills

Le goût du chlore

Laços

Habibi

Magali

Pride of Baghdad

V de Vingança

Azul é a Cor mais quente

The Last Man

Seconds

Kaputt

Bulldogma

Fun Home

Uma Metamorfose Iraniana

Gen — Pés Descalços

Asterios Polyp

A Morte do Superman

X-Men (Jim Lee)


Originally published at Update or Die!.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Gustavo Giglio’s story.