The Power of Audio — O Impacto: Mensagens que funcionam

Como vimos, com exclusividade, o Spotify nos mandou o estudo “The Power of Audio”. O primeiro capítulo foi sobre “O Momento”. Neste, vamos conversar sobre “O Impacto: Mensagens que funcionam”.

O objetivo do estudo é aprender como incluir áudio na estratégia de marketing com insights de consumidores, opiniões de especialistas e dicas criativas. No caso, como estamos “musicalizando” nossas vidas com conteúdos que refletem quem somos, o que estamos fazendo e como estamos nos sentindo. O potencial criativo ao explorar esses momentos pode criar mensagens certeiras e envolventes. Temos que manter os ouvidos atentos.

Com isso voltamos a algo que repetimos muito por aqui: Bom conteúdo/Boas histórias. Que pode, também, ser criado através do áudio. “Quando estiver criando uma campanha, você não pode pensar como um publicitário”, recomenda Tony Mennuto, presidente da agência de áudio Wordsworth & Booth “Você tem que pensar como alguém do mundo do entretenimento. Pense como o produtor de um programa de comédia ou o roteirista de um filme, porque o público quer se sentir envolvido. Todo mundo quer ouvir uma boa história.”

Talvez seja essa a mudança de pensamento que vai garantir que ouvintes associem histórias boas com a sua marca. Está provado que anúncios de áudio funcionam. São menos invasivos e geram conexão. Uma marca oferecendo ou chancelando um bom conteúdo está dando um presente para o público. Os mesmos princípios podem se aplicar quando os consumidores estão ouvindo música. Outro lema por aqui: a sua mensagem pode se parecer menos com uma interrupção e mais com uma história.

01. Pense no contexto.

Tenha certeza de que seus anúncios combinam com o formato e o momento dos consumidores. Contexto é tudo. Um bom exemplo é a campanha Amplify da Gatorade, que se concentrou nos momentos em que os usuários estavam malhando para criar uma experiência extremamente personalizada. A Gatorade levou seu público a um site interativo desenvolvido com a API do Spotify, onde os visitantes podiam escolher a duração de sua sessão de atividade física e até três gêneros musicais para gerar uma playlist personalizada com a duração exata de suas séries de exercícios.

02. Pense na música.

Use a música com eficácia para conquistar o seu público. Pense em como a trilha sonora é fundamental para criar ligação emocional com uma obra. Um exemplo: Star Wars. As referências mais importantes da cultura pop trazem músicas que reconhecemos em instantes (Back to the Future, Jaws, Harry Potter, Indiana Jones, Superman). Da mesma forma, a música pode ser usada como estratégia de marketing para gerar emoções e mesmo inspirar ações. Sabemos disso. Trilheiros e produtoras, também. O estudo mostra como anúncios com músicas populares ou de marcas têm mais probabilidade de aumentar a intenção de compra.

03. Pense no som.

Você lembra da melodia da assinatura do McDonald’s? E do ruído característico da HBO (principalmente antes de começar “Game of Thrones”) ou um novo episódio da Netflix na abertura de seus programas? Algumas marcas usam o som tão bem que ele se torna tão reconhecível quanto seus logotipos. Certo?

“ta-da-ta-ta-taaaa”.

Quer um exemplo clássico e que atualmente ganhou muita atenção (por cair no gosto popular):

Embora nem todas as marcas usem áudio em seu branding — no sentido literal -, usar o som para comunicar a mensagem da sua marca é mais importante do que nunca, uma vez que o áudio está presente em cada vez mais momentos do cotidiano do seu público. Pesquisas comprovam que contar histórias usando som ajuda a manter o público envolvido e é possível expandir a rede de associações mentais com a marca. O potencial futuro para criar anúncios de áudio imersivos e experienciais é enorme.

Stay tuned!

Para acompanhar a próxima etapa do estudo: “O Futuro — O que vem por aí”, fique de olho aqui no UoD, cadastre-se no site e baixe a nova etapa do estudo completo.


Originally published at Update or Die!.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.