Sua Smartv está te vigiando. Acredita?

Se você tem uma tv inteligente, cuidado. Você não está sozinho

O mundo já está se acostumando, mesmo sem perceber, com os dados. Se você ainda não entendeu o tema deste texto, eu vou explicar.

Suponha que todos os dias alguém analise o lixo que você descarta. Nele há o normal: cascas de ovos e frutas, caixas de produtos, papéis e restos de comida. Agora vamos fazer uma análise simples deste material. Ovos diários representam uma dieta rica em proteína. Restos de frutas e legumes representam uma alimentação saudável. Nenhuma garrafa de refrigerante? Vinhos nos finais de semana? Tudo isso indica um perfil de consumo e hábitos. A caixa de remédio descartada mostra seus problemas com o sono. Você é consumista? Seu lixo responde.

Na internet funciona da mesma forma. Você provavelmente já se acostumou com milhares de banners sobre aquele tênis que pesquisou no Google. Mudou de site e lá está o tênis no canto da tela. Entrou no e-mail, chegou uma oferta de tênis. Não parece incrível? — Incrivelmente chato.

Tudo que você faz gera um rastro. E seu smartphone é o maior coletor. Onde você foi, quanto tempo ficou, onde dormiu, o que usou, se correu ou se andou, tudo está lá. Seus arquivos, conversas, curtidas, tudo. Tudo está sendo registrado. Você não pode evitar (e nem precisa).

Estes dados são utilizados para uma infinidade de coisas. Basicamente, aprender sobre os costumes das pessoas. E oferecer coisas com bases nesses costumes.

Agora a empresa de eletrônicos Vizio (ainda não está no Brasil) foi multada em 2.2 mi de Trumps por coletar e vender dados coletados por suas tv’s.

Leia os termos de uso de sua smartv e surpreenda-se. Ela está coletando dados de uso, preferências, canais assistidos, horários, localização geográfica e mais: pode estar coletando também o som da sua sala.

Se quiser mais, separei esse artigo em inglês: http://www.trustedreviews.com/news/smart-tv-privacy-problems-vizio-samsung-lg-sony-panasonic

E seja muito bem-vindo ao mundo da tecnologia.