Entrelinhas Urbanas — São Paulo em 96 artistas

Vertentes
Vertentes
Mar 4, 2017 · 3 min read

por Maria Clara Feitosa

Pra quem não sabe, aqui somos dois Recifenses que moram em São Paulo. E é isso que essa cidade mais tem: gente que, se não nasceu aqui, os pais não nasceram aqui. Mas tem quem ainda teime que aqui não tem sotaque. Garotis, observe que se você puxa o “R” pra um lado, vem dos italiano, se puxa pro outro, vem dos inglês. E o meu sotaque que é engraçado, né, fio? Agora fala “porta”, vai.

Mas fora o fato de que todo mundo é paulistano mas ninguém veio daqui, as comparações precisam parar para dar espaço para outras coisas mais coloridas. Afinal, a cidade é tudo menos cinza e por isso mesmo que é muito linda. Aliás, é gigantemente linda, plural, diferentona.

E é com isso em mente que apresentamos o Entrelinhas Urbanas SP.

Na primeira linha da apresentação do projeto, já impressiona com o fato de que na região metropolitana de São Paulo existem mais de 400 bairros, que se unem em 96 distritos e que muita gente não sabe disso.

O projeto vem para representar a cidade, reunindo um artista de cada um desses 96 bairros*, convidando-os para ilustrarem um livro com o olhar sobre o lugar onde vivem ou viveram grande parte da vida. Assim, o Entrelinhas Urbanas se apresenta como um condensando democrático, em uma linguagem viva, pessoal e humanizada, mostrando que São Paulo é mais colorido do que a gente pensa.

É uma aula de geografia, de arte, de luta e de humanidade. Dando, inclusive, lugar de destaque para bairros que são, muitas vezes, completamente ignorados, desmistificando-os. Por fim, a vontade é de conhecer cada bairro, do Tremembé ao Marcilac! Olha o poster!

Tá vendo Marsilac ali, grandão? Pronto, é Zona Rural de São Paulo. São Paulo tem zona rural, gente.

O projeto está sendo desenvolvido pela Sê-lo, uma produtora de arte independente — criada pela equipe da FIB — e está na fase final de editoração. Eles estão levantando os fundos para o projeto através de crowdfounding, mais especificamente no cartarse. Então, se quiser colaborar, tem várias recompensas para todas as possibilidades financeiras. (yes!)

Vale a pena conferir e se quiser colaborar, clique aqui.

Ah! E o Johnny Brito vai estar lá representando a Vila Pompeia, sua parte preferida do distrito de Perdizes :)

Além do livro, haverá uma exposição na Praça das Artes, que fica ali na Av. São João, no Centro, a partir do dia 7 de abril! A exposição fica até junho e depois se torna itinerante para dar aquele rolê pela cidade e fazer o que esse projeto faz de melhor: ser de São Paulo.

Vertentes

Coleção criativa de referências, conceitos & ideias

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade