Como comprar passagens aéreas baratas?

Conseguir passagens aéreas baratas exige muita pesquisa, paciência e persistência. E diversos fatores influenciam nos preços como comprar com antecedência, ter datas flexíveis, viajar nas baixas temporadas, escolha dos assentos e classes, companhia aérea, horários de partida, fazer ou não escala, etc.

Existem muitas dicas para te ajudar a comprar aquela passagem com um preço amigo e por isso decidimos escrever esse post com todas informações que sabemos, testamos e deram certo.

Primeiro: Esqueça as agências de viagens!

Nada contra agências de viagens pelo contrário eles ajudam muito! Mas se você está com o dinheiro contado o melhor a fazer é tirar algumas horas na frente do computador e pesquisar muuuuito. As agências cobram taxas pelos serviços prestados.

Segundo: Chega de ficar com medo de comprar pela internet!

Hoje em dia a maioria dos sites são confiáveis, não precisa ter medo! A dica é procurar em sites de confiança, como Submarinoviagens, Kayak, Skyscanner, Viajanet, Latam, Tap, Lufthansa, etc.

Terceiro: Não deixe de conferir o preço no site da própria companhia aérea

Por exemplo, você vai em um site de busca e procura pelo seu destino e sua melhor data, e o site vai te mostrar uma infinidade de voos. Você escolhe o que mais lhe agrada (prestando atenção no preço, tempo de conexão, aeroporto, etc) e repara na companhia aérea que ele te sugeriu. Aí você vai numa outra aba no seu navegador e procura o site dessa companhia aérea e simula o mesmo voo nas mesmas datas e confira se o preço é o mesmo. Algumas vezes se você comprar direto no site da companhia aérea sai mais barato por que os sites de buscas costumam cobrar taxas pelo serviço.

Quarto: Voos noturnos e no meio da semana são mais baratos

Os famosos voos corujão (22h as 6h) e em alguns dias da semana como terça, quarta e quinta-feira são uma ótima oportunidade para comprar passagens na promoção.

Quinto: Fuja da alta temporada

Alta temporada nada mais é do que as férias escolares, que costumam ser nos meses de dezembro, janeiro, julho e agosto. É o período em que os destinos turísticos recebem mais fluxo de visitantes e consequentemente os hotéis e passagens aéreas sobem os preços por causa da alta procura.

Sexto: Não deixe para comprar na última hora

Planeje-se! Para viagens internacionais compre com até 4 meses antes e para viagens nacionais com 2 ou até 1 mês de antecedência. Depois disso os assentos sobrando nos voos vão ficando cada vez mais caros. Mas também não exagere na ‘antecedência’. Espere os 120 a 90 dias antes porque é quando as empresas aéreas lançam as promoções.

Sétimo: Faça conexões!

Não tenha medo de fazer escalas/conexões. Os voos diretos são sempre mais caros e as vezes você pode acabar conhecendo um novo destino que não estava nos planos. Só prestem atenção no tempo de duração de uma conexão porque se for muito curta (menos de 1 hora e meia) por ser que não dê tempo de você trocar de avião ou ocorrer do primeiro voo atrasar e consequentemente você perder o próximo voo. E se for uma conexão longa (mais de 10 horas) vale a pena se informar como faz para ir até o centro da cidade e se distrair um pouco, afinal ninguém merece ficar no aeroporto, né?!

E lembre-se que em voos internacionais os passageiros têm de passar pela imigração e o processo pode ser demorado. Portanto, calcule certinho o tempo entre as conexões.

Oitavo: Fique ligado nas promoções

Use o alerta de preços! Existem vários sites e aplicativos de busca de passagens aéreas (Kayak e Skyscanner, por exemplo) onde você vai lá e coloca o destino, as datas, seu e-mail e assim você recebe alertas sempre houve alteração no preço da busca.

Acompanhe também as promoções em publicações das redes sociais de empresas aéreas ou de buscadores de passagens aéreas (ex: Melhores Destinos) porque elas sempre publicam ofertas relâmpagos e dicas de destinos.

Ficar recebendo e-mail de promoções muitas vezes enche o saco, mas permite que você fique sabendo de promoções em primeira mão. Neste caso pode ser uma boa opção assinar as newsletters das companhias aéreas.

Nono: Use janela anônima

Essa é uma dica que me falaram e não sei se é verdade mas costumo fazer por precaução. Se você está pesquisando vários dias por promoções para determinado destino use a Janela Anônima do navegador. Dizem que se você fica procurando por uma promoção várias vezes os sites de companhias aéreas recebem as informações providas por cookies para monitorar sua navegação e assim aumentar os preços do voo que você está interessado e usando a Janela Anônima isso não acontece.

Volto a dizer que isso não é comprovado, mas não vamos facilitar para eles né, rs.

Décimo: E por último seja flexível

Muitas vezes aquela data específica que você gostaria não bate com as datas das promoções, e as vezes se você mudar 2 ou 3 dias na data da ida ou da volta pode fazer grande diferença no valor final.

Seja flexível também com a escolha das companhias aéreas e aeroportos. Por exemplo, se você fosse comprar uma passagem de São Paulo a Nova York o site irá te sugerir chegar no aeroporto John F. Kennedy (JFK) mas se você chegar em Nova Jersey (EWR) pode ser que a passagem fique mais barata e é só pegar um trem que em 40 minutos você está no centro de Manhattan. No Estados Unidos e na Europa é comum grandes destinos contarem com diversos aeroportos que não ficam dentro da cidade, mas tem uma boa conexão entre elas através de trens, metros e ônibus.

Ou então se a intenção é ir para Miami mas as passagens estão em promoção para Orlando, você pode ir até Orlando de avião e de lá alugar um carro e fazer o trajeto entre as cidades.

Planeje-se com antecedência, faça as contas e veja se vale a pena.

E sempre leia com atenção as regras de cancelamento, as tarifas para mudança de voo, tamanho de bagagem, etc.


E aí, gostaram das dicas? Se você tem mais alguma dica ou ficou com alguma dúvida, escreva nos comentários! Ficaremos muito felizes com o seu contato. E não deixe de curtir ❤ e compartilhar com os amigos ;)

Que você encontre passagens bem baratas e faça uma boa viagem!!!

#partiuviagem