Seu design não vale de nada se seu usuário não entende

Por que fazer pesquisa é tão importante e por que quase ninguém faz isso?

Depois de muito tempo procrastinando, eis que estou aqui escrevendo de novo. E dessa vez eu queria compartilhar um grande aprendizado no meu primeiro grande projeto como designer.

Há alguns meses eu iniciei o projeto de redesign do aplicativo do Apontador para Android. Fui responsável por repensar e reorganizar a experiência do usuário (UX) e também atualizar a interface do app (UI), seguindo a nova identidade da empresa. Foi uma experiência muito boa, cheia de aprendizado e, principalmente, de erros. Aqui vou compartilhar o que aprendi com os 3 principais erros e como contornamos eles.

"Erros são as maiores oportunidades de aprendizados que temos"

1. Falta de Documentação

Primeiro quero começar com um pedido: Sempre lembre de documentar tudo o que faz e POR QUÊ você faz. Isso ajuda muito para manter o projeto fiel ao seu propósito do começo ao fim e, principalmente, para não enlouquecer a próxima pessoa que for pegar o seu projeto. Sério, documente tudo, por favor.

2. Feedbacks Tendenciosos

Uma situação que foi bem difícil de controlar foi o momento dos feedbacks. O problema é que existe uma linha muito tênue que separa o feedback do "do meu jeito é melhor". Nós, como designers, devemos saber filtrar o que é um conselho que vai agregar ao projeto e o que é "achísmo", e isso é bem difícil de fazer sem confrontar as pessoas.

Eu demorei um pouco para achar a solução para tal problema. A solução é: Não há solução.

Exatamente isso. É impossível você agradar todo mundo e aplicar todos feedbacks que receber. Mas o que você pode, e deve, fazer é ouvir cada opinião e anotar, voltar para sua mesa e separar o que vai melhorar seu projeto e o que não vai. Essa foi a solução mais saudável que achei.

3. Falta de Pesquisa com Usuário

Aqui está a grande doença responsável por matar inúmeros produtos mundo afora. Quando estamos sentados em nossas mesas, com um computador de última geração para trabalhar, um celular com tela Full HD nas mãos e inseridos na bolha social onde todos tem os mesmos privilégios fica fácil de esquecer quem mais importa: O usuário.

Quando eu estava desenhando o aplicativo, entreguei um protótipo navegável para algumas pessoas usarem e, para minha surpresa, cerca de 90% delas tiveram dificuldade em realizar uma busca. Não seria um problema muito grande, se essa não fosse a função principal do aplicativo! Dá pra imaginar o motivo de eu ter entrado em desespero, né?

Foi aí que eu mergulhei em uma experiência de empatia e observação do comportamento do nosso público para conseguir entender por que as pessoas estavam com tanta dificuldade, afinal, para mim era óbvio como fazer uma pesquisa! Cara, foi como levar um soco bem no estômago. Eu deixei minhas expectativas de como a jornada pelo app deveria ser sobreporem as necessidades do usuário, tudo por falta de pesquisa. E foi só depois disso que eu percebi que nada do que eu achava óbvio, era óbvio para nosso usuário.

Quando passei por esse problema, pedi ajuda para alguns amigos designers e em grupos de debate sobre o assunto e me deparei com um fato importante e perigoso: A maioria das empresas não ligam para pesquisa com usuário! As maiores desculpas foram falta de tempo, falta de dinheiro e de pessoas capacitadas para isso (WTF???). Acho que é por isso que vemos tantos sites e aplicativos com uma experiência de uso ruim e usuários insatisfeitos.

"Documentar, filtrar feedback e foco no usuário"

As três lições mais importantes que aprendi nesse projeto foram:

  • Documentar cada escolha para manter o projeto fiel ao seu propósito;
  • Filtrar os feedbacks para que eles não destruam o projeto por causa de opinião pessoal sem argumentos;
  • Colocar o usuário no centro das decisões de design para não sobrepor as nossas expectativas sobre as dele.

Continuo estudando e aprendendo mais com esse e outros projetos e vou compartilhar com você sempre que possível! Tem algum aprendizado para compartilhar? Comente aqui embaixo.


E lembre de assinar a publicação para receber as novas matérias e deixe um like se gostou ;)

Fique com esse GIF de despedida, e até a próxima.