Tomorrow

Um experimento e um ensaio sobre futuro.

Rodrigo Dantas
Oct 21, 2018 · 7 min read

O experimento

Depois de planejar um pouco além do normal, a gente definiu trazer um evento, onde faríamos um meetup (ou uma conferência) trazendo temas que envolvessem educação, comunidades, fintech, inteligência artificial e outros assuntos relacionados aos segmentos que atendemos aqui na Vindi.

  • Recebemos muitas demandas de palestras, que apenas traziam o blá blá blá de sempre;
  • Falar de futuro não é trazer somente a ideia de robôs e AI, para discutir rumos de negócios e;
  • Elevar discussões, encontrando quem realmente precisa ser ouvido, é extremamente desafiador.

Tomorrow

Inteligência artificial, robótica e realidade aumentada, foram somente alguns dos temas que o Tomorrow trouxe. A gente conseguiu trazer também, discussões sobre futuro, pautadas sobre o dia a dia dos empreendedores, tendência de novas realidades de empresas e problemas grandes para se resolver pela frente. Mais do que isso, conseguimos trazer um panorama para tentar avaliar tendências de um futuro próximo (de no máximo 5 anos).

O Futuro da Educação

O Paulo Silveira, meu sócio de Like a Boss, deixou todos atônitos com a provável mudança da educação no país e no mundo. Além de explicar como o grupo Caelum/Alura se desafiam para continuar inovando na educação de profissionais de tecnologia, Paulo explicou como as maiores cabeças de educação estão resolvendo problemas pelo mundo afora. Foi bem legal.

Paulo Silveira (Caelum / Alura). O Futuro da Educação

Cidades inteligentes (smart cities)

Eu particularmente fiquei impressionado com o talk do Daniel Merege da City Tech. Existe claramente um movimento de preocupação com cidades e o impacto com que o crescimento populacional avança, deve ser preocupante. Poucas cidades no mundo estão prontas para melhorar a vida das pessoas. Na opinião do Daniel, São Paulo por exemplo, parou de se preocupar com isso.

Cidades inteligentes para 5% ou 95% das pessoas? Daniel Merege da City Tech.

Inteligência artificial

Rafael Venturacci da Nama contou sobre o case da empresa e mais do que isso: colocou na sua apresentação, os casos de uso em empresas que conseguem de fato, usar inteligência artificial para atender clientes, cobrar inadimplentes e tirar dúvidas com chatbots. Só o case do Poupa Tempo, usando tecnologia, vale um evento único.

Rafa Venturacci da Nama. Chegou a hora dos dados!

Alimentação

Já conhecíamos o Casé da Asbraci (Assoc Associação Brasileira dos Criadores de Insetos). Ele esteve na Vindi, recentemente. Inclusive eu experimentei um inseto ao vivo, assista. Ele defende a tese que comida será algo escasso e que humanos terão que recorrer a insetos no futuro próximo.

Proteção de dados

Muito em voga, o advogado Paulo Lilla, do escritório LaFosse embasou uma das discussões mais importante para o momento: a proteção dos dados. Depois dos escândalos envolvendo a Cambridge Analytica, Facebook e o caso Snowden, o mundo precisou revalidar tudo que faz ao consumir e compartilhar dados.

As empresas vão precisar se adaptar. Paulo, LaFosse Advogados

Medicina do futuro

Marcus Figueiredo da Hi Technologies, colocou dois pontos importantes sobre o futuro da medicina: a gestão de dados ainda não está relacionada e a tecnologia está encontrando a medicina aos poucos. Os dois elementos juntos (dados e tecnologia), são componentes que vão amparar ainda mais as pesquisas e diagnósticos de problemas daqui para a frente. Que bom.

Inteligência artificial deverá ser o suporte à decisão dos médicos. Marcus Figueiredo

Projeto Delorean (pitches de novas startups)

Um dos negócios mais legais desse experimento, que foi o Tomorrow, é que conseguimos formatar algumas apresentações de cases que apresentam uma nova forma para tipos de negócios que impactam o mundo. Tudo num formato de pitches. As 4 startups tiveram 5 minutos para mostrar o projeto.

Comunidades

Um dos grandes pontos para um futuro melhor, é olhar para as comunidades em volta do mundo. Especialmente se ela se conecta com as pessoas e desenvolve ações que mudam países e cidades. Esse foi um dos principais pontos discutido por um super painel formado pela Fernanda Caloi (Campus SP), Dani Junco da B2Mammy e por Hugo Silveira da WeWork.

Discussões que precisam ser elevadas: olhar para a criação de comunidades que melhoram cidades e países.

Futuro do Trabalho

Grande discussão em volta do tema da “perda do emprego”, o Fábio da IBM, Edgar Caetano da Vindi e o Rogério Souza da DB1 coordenaram um papo de alto nível para falar sobre a tendência de automação de tarefas e morte do emprego como nós conhecemos.

Tibot (o robô), Rogério (DB1), Fábio Rua (IBM) e Edgar Caetano (Vindi)

Vindi

A plataforma líder em pagamentos recorrentes no país.

Rodrigo Dantas

Written by

Saas & Fintech entrepreneur.

Vindi

Vindi

A plataforma líder em pagamentos recorrentes no país.