A dança da vida é assim: uns passos para frente e tantos outros para trás.

Cada situação tem seu tempo e cada pessoa também. Não adianta forçar a barra e entrar em círculos frenéticos de ansiedade, porque nada disso vai ajudar.

O tempo é o senhor da vida. Ele cura, traz a tona as verdades, testa a determinação e persistência, mas acima de tudo ele é um excelente professor.

Quem tem paciência para esperar a colheita também tem a sabedoria para aproveitá-la.

Por isso, não adianta correr freneticamente em direção a algo se você não estiver pronto para recebê-lo. Não adianta arrancar cabelos, roer unhas, não dormir, viver ansioso. Simplesmente, não adianta.

O melhor é continuar caminhando e percebendo o fluxo que se apresenta. E durante essa caminhada, mensagens serão assimiladas e conexões importantíssimas serão realizadas, as quais posteriormente, no momento da colheita, serão usufruídas.

Aproveite a jornada! Ponha o rosto para fora da janela, sinta a brisa tocar a face, aprecie as pessoas e paisagens, prove do novo e aprenda com o velho. Sempre se mantendo alerta no PRESENTE e vivendo um dia após o outro.

A dança da vida é assim: uns passos para frente e tantos outros para trás.

❤️