Projeto Hack Week

Uma semana dedicada a inovação

Na última semana tive minha primeira experiência relacionada a Hack Week. Dias dedicados a inovação, solução de problemas e novas experiências para os usuários. Além disso, ter a oportunidade de trabalhar com pessoas que não fazem parte de seu time é algo fantástico. Troca de conhecimentos, experiências e ideias.

Para o Hack Week tínhamos que desenvolver uma ideia e colocá-lo em prática, entregando mais do que um protótipo, um MVP da solução. Para isso, o primeiro passo foi a escolha do projeto que seria desenvolvido e nesse caso, escolhemos o simulador. O objetivo dele era identificar o poder financeiro do usuário e guiá-lo na decisão de obtar por um imóvel para alugar ou comprar.

Decidido o projeto, o próximo passo foi montar a equipe. Conseguimos reunir:

  • 2 Devs Mobile: Rodrigo Borges e Petrus Gomes
  • 2 UX Designers: Vinícius Ayub e Rodrigo Maués
  • 1 Back End: Newton Beck
  • 1 Full Stack: Danilo Albuquerque
  • 1 Front End: William Lepinski
  • 1 Infra: Wilson Hipolito

Com a equipe definida, levantamos as necessidades do projeto e decidimos que, nosso MVP deveria ser exclusivamente web. Essa decisão foi tomada para facilitar a validação e aquisição de usuários a curto prazo e assim, medir o nível de interesse para desenvolver as versões para os apps. Com isso, diminuimos a equipe, focando no desenvolvimento web.

Avaliamos quais as informações que precisaríamos para fazer os cálculos e com isso, entregar valor aos nosso usuários. Dividimos o processo de coleta de dados em dois níveis: descubrar o poder financeiro do usuário e qual seria a melhor opção de entre alugar ou comprar.

Dessa forma, selecionamos 4 campos iniciais para identificar o poder financeiro:

  • Local do imóvel
  • Idade do usuário
  • Renda mensal
  • Quanto ele pretende comprometer dessa renda com o imóvel

Com essas respostas, conseguimos traçar o perfil e exibir para o usuário, habilitando o próximo passo.

Identificado o poder financeiro, o usuário pode preencher outras duas informações complementares que irão ajudar o sistema a escolher qual é a melhor opção com essas variáveis. Preenchendo quantos anos a pessoa pretende morar no imóvel e o valor da entrada, a alternativa mais vantajosa será apresentada ao usuário. Vale lembrar que, decidimos tornar esse processo o mais prático e simples, com o objetivo de apenas seguir a pessoa e não que essa é a resposta final. Adotamos taxas médias fixas e não levamos em consideração a relação existente entre bancos e seus clientes.

Para tornar a experiência mais rica, no final do processo, recomendamos até 6 imóveis que estão dentro do perfil desse usuário e caso ele tenha interesse, já pode visualizar o imóvel ali mesmo. Com isso, facilitamos o processo de descoberta e auxiliamos na tomada de decisão, já o direcionando para escolhas mais precisas.

Mais do que soluções, queremos a todo momento melhorar a experiência de nossos usuários e ajudá-los a encontrar o imóvel dos seus sonhos. Foi uma semana extremamente rica em todos os aspectos, tanto na troca de conhecimento, quanto de pontos de vista que agregaram para desenvolvermos o melhor produto possível em uma semana.