Amores possíveis

Talvez a gente merecesse um amor de dia inteiro.Um amor de noite e dia, de tempo todo em comum.

Talvez a gente precisasse de um amor de casa única.De mesa posta ao jantar e de lareira na sala.

Talvez a gente quisesse um amor de corpo e alma, desses que não se desgrudam e querem viver a mesma vida.

Talvez a gente desejasse um amor de filme antigo.Amor que sofre e chora, mas do qual nunca se esquece.


Mas nos tempos de hoje, quais são os amores possíveis?

Há uma tristeza escondida no olhar que espia à janela.

A distância afasta os corpos, o frio entra na sala.

O silêncio ecoa no ar. E alonga os dias.

H á que saber se encantar com o amor que é possível. E ainda querer amar.