O quanto um aplicativo nos influencia?

Nessa semana eu tive a última entrega de um projeto na faculdade. Nós fizemos um aplicativo (“Culturando”). Nosso aplicativo tratava de um meio de incentivar a população a frequentar os espaços culturais da cidade de Fortaleza. Um dos requisitos no relatório que fizemos era uma explicação do impacto que o nosso aplicativo causava na sociedade, falando no quesito de cibercultura. Cibercultura é a cultura do meio cibernético, como nos comportamos e quais são os princípios desse meio tecnológico, da internet.

Eu fiquei responsável por essa parte do relatório e gostei tanto do que escrevi que acabei ficando com vontade de postar aqui, com o objetivo de mostrar como os aplicativos e as novas tecnologias podem mudar nossos comportamentos, opiniões e rotinas. Além disso, mostrar também um pouco do tipo de produção que fazemos na minha faculdade ❤ Enjoy!

Culturando e Cibercultura

O objetivo do aplicativo Culturando, no contexto sociocultural, é utilizar os recursos tecnológicos atuais (no nosso caso, os smartphones) para estimular a população a conhecer e frequentar os Equipamentos Culturais de Fortaleza, visto que são Patrimônios da cidade e que a proximidade e a identificação do público com eles é de extrema importância para a preservação da história e da cultura local. A principal ideia é fazer com que as pessoas utilizem o recurso para ter consciência da importância da conservação desses Equipamentos e que mantê-los ativos contribui para a disseminação da cultura local e de fora. O aplicativo fará com que as pessoas não só visitem os Equipamentos, como também interajam com esses locais tirando fotos, realizando as atividades do Equipamento, etc. Além disso, a opção disponível de compartilhar um Equipamento/evento nas redes sociais do usuário contribui para a divulgação tanto do aplicativo quanto dos Equipamentos.

O aplicativo funciona como uma ponte entre o usuário e os Equipamentos Culturais. Uma ponte que o incentiva a frequentar os espaços e também a conhecer sua história e sua importância para a cidade. Essa ponte é feita no aplicativo através da programação, com o propósito de o usuário ir para um evento de seu interesse, da opção de compartilhar em suas redes sociais, já dita anteriormente, e do checklist de atividades, feito para que o usuário aproveite ao máximo o que cada equipamento tem a oferecer. Optamos por deixar o checklist com uma linguagem descontraída, para que o usuário não associe aquelas atividades como uma obrigação, mas como uma sugestão amigável que o deixe instigado a realizá-las.

O impacto na sociedade que esperamos que nosso aplicativo cause é uma sociedade que veja que os recursos digitais podem se relacionar com os recursos físicos, uma sociedade que utiliza desses meios para mudar sua visão em relação a algo (no nosso caso, os equipamentos. Queremos que a sociedade tenha noção da importância da cultura e dos patrimônios da nossa cidade) e até mesmo mudar sua rotina, fazendo com que a visita frequente aos espaços entre de vez em suas programações de entretenimento.